Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês
Pop! Pop! Pop! Por Blog Cultura pop, TV e o que repercute nas redes sociais

Bruna Marquezine abre o jogo sobre “desavença” com Marina Ruy Barbosa

Na tarde desta quarta-feira (13), a atriz comentou o assunto em bate-papo com fãs no Twitter

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 14 mar 2019, 09h45 - Publicado em 13 mar 2019, 16h44

Bruna Marquezine chamou atenção na época da separação de Débora Nascimento e José Loreto. O motivo? A atriz deixou de seguir Marina Ruy Barbosa no Instagram após o boato de que a famosa, par do ator em O Sétimo Guardião, seria pivô do divórcio. Na tarde desta quarta-feira (13), Marquezine comentou o assunto em bate-papo com fãs no Twitter.

Entendo que algumas pessoas podem ter feito uma leitura equivocada e um tanto cruel de um simples unfollow, inclusive a própria Marina, por isso me desculpei com ela caso ela tenha entendido como um ataque ou julgamento”, esclareceu Bruna. “É bem chato ter que explicar isso pra pessoas que não conheço e que certamente não se importam verdadeiramente e só querem causar e apontar dedos, mas eu e Marina não somos amigas por falta de identificação, tentamos e não deu certo e TUDO BEM. Vocês não sabem de muita coisa”, argumentou. 

“E por último: VOCÊS que colocaram todo esse peso num unfollow, não eu. Já disse que não considero follow amizade, assim como não considero like afeto, assim como não considero unfollow ‘eu te odeio’, ou falta de sororidade ou julgamento ou ‘boicote’ como vocês interpretaram”, explicou Marquezine. “O meu unfollow não deveria ter tanta importância. Foi genuíno, baseado nas minhas percepções, nas minhas próprias experiências, no que eu sinto. Ponto. Não foi pautado em fofocas. Aconteceria mais cedo ou mais tarde. E TUDO BEM TAMBÉM. Unfollow não é ofensa!”, finalizou nesta quarta-feira (13). 

Dê sua opinião: E você, o que achou da resposta de Bruna Marquezine? Deixe seu comentário e aproveite para curtir nossa página no Facebook!

Continua após a publicidade

Publicidade