Clique e assine com até 89% de desconto
Pop! Pop! Pop! Por Blog Cultura pop, TV e o que repercute nas redes sociais

Passageira registra boa ação de motorista em post no Facebook

"Um bom motivo para não se importar que o ônibus está atrasado", revelou a mulher em publicação que já tem mais de 11 000 curtidas no Facebook

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 6 set 2017, 18h29 - Publicado em 6 set 2017, 18h20

O primeiro dia de aula é assustador para a maioria dos alunos. A ansiedade pode ser tanta, que você pode perder o ônibus para o colégio, por exemplo. Foi exatamente o que quase aconteceu com uma estudante em Leeds, na Inglaterra. A jovem se confundiu e ficou esperando pelo transporte no ponto errado, mas contou com a ajuda de um motorista caridoso.

O motorista do ônibus número 16 merece vários tapinhas nas costas“, escreveu Lynsey Jayes no Facebook na segunda (4), relembrando a boa ação do profissional: “Uma menina estava esperando pelo ônibus no ponto errado, do outro lado da rua. Ela ficou muito chateada por que achou que chegaria atrasada no primeiro dia de aula“, relembrou a mulher na rede social. “O motorista não só pediu um táxi para ela, como caminhou com ela até o ponto de encontro para que ela não andasse sozinha“. Confira: 

O homem também pagou pela viagem de cinco libras, prometendo que ela chegaria ao colégio a tempo. A boa ação do motorista provocou um atraso no sistema, mas a passageira que presenciou a cena garante que valeu a pena. “Eu estava sentada no fundo do ônibus com os filhos a caminho do colégio quando eu ouvi o motorista pergunta ‘você está bem?’ para alguém. Ele saiu tão determinado do veículo que todos nós ficamos curiosos para entender o que estava acontecendo“, Lynsey contou à BBC.

  • Do lado de fora, estava uma pré-adolescente claramente chateada, ela tinha 11 ou 12 anos de idade, no máximo. Ele conversou com ela por alguns minutos e então caminhou com ela dizendo ‘não se preocupe, você chegará ao colégio a tempo!’“, relembrou a passageira. Não à toa, a publicação no Facebook já tem mais de 11 000 reações em poucos dias.

    Dê sua opinião: E você, o que achou da história? Deixe seu comentário e aproveite para curtir nossa página no Facebook!

    Continua após a publicidade
    Publicidade