Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Pop! Pop! Pop! Por Blog Cultura pop, TV e o que repercute nas redes sociais

Após derrota no vôlei, Dani Lins e Fabiana desabafam no Instagram

Poucas eliminações na Olimpíada do Rio foram acompanhadas com tanto sofrimento pela torcida: a derrota da seleção brasileira feminina de vôlei para a China, nas quartas de final, surpreendeu o país e rendeu momentos emocionantes. Nas redes sociais, as jogadoras começaram a se manifestar sobre a partida – um desabafo em específico tem chamado atenção. […]

Por VEJASP Atualizado em 26 fev 2017, 10h43 - Publicado em 17 ago 2016, 17h02

danilins1

Poucas eliminações na Olimpíada do Rio foram acompanhadas com tanto sofrimento pela torcida: a derrota da seleção brasileira feminina de vôlei para a China, nas quartas de final, surpreendeu o país e rendeu momentos emocionantes. Nas redes sociais, as jogadoras começaram a se manifestar sobre a partida – um desabafo em específico tem chamado atenção.

+ Após queda, corredora ajuda adversária a concluir prova na Olimpíada

Em sua conta no Instagram, a levantadora Dani Lins fez um misto de agradecimento e desabafo, exaltando as companheiras de equipe e alfinetando os críticos.

Só tenho a agradecer a todos, a esse grupo maravilhoso que se manteve unido em todos os momentos, foram 4 anos de muita luta, muito suor, muita dedicação, MUITO esforço, muitas dores, muitos choros. Só Deus sabe a dor que estamos sentindo, quero também agradecer a todos brasileiros que gritaram, estiveram juntos sempre com a gente, dando força em todos os momentos, fáceis e difíceis, vocês são demais, não existe melhor torcida que a nossa”, escreveu.

Depois, a jogadora retrucou aqueles que reclamaram da derrota: “É muito fácil falar, criticar, xingar, mas vir e fazer é mais difícil ainda. Mas enfim, nós nos fortalecemos mais e mais, só isso“, desabafou a atleta.

danilins

A meio-de-rede Fabiana também usou a rede social para escrever um texto sobre a frustração da derrota: “A dor desse momento me faz relembrar toda uma vida dedicada ao meu país e ao esporte que tanto amo”, escreveu. “Fica aqui minha despedida da seleção, foram 13 anos de uma trajetória linda e que me orgulha demais. Foi gratificante em meu último jogo pelo meu país, escutar o Maracanãzinho lotado gritar meu nome, e essa sensação e esse brilho que nós todas tivemos até aqui, ninguém pode desmerecer ou apagar”, disse.

Deixe seu comentário e aproveite para curtir nossa fanpage no Facebook.

Continua após a publicidade
Publicidade