Clique e assine por apenas 6,90/mês
Pop! Pop! Pop! Por Blog Cultura pop, TV e o que repercute nas redes sociais

Mulher quase perde a visão e faz alerta sobre erro comum de maquiagem

"Quando a médica examinou as minhas pálpebras, ela disse: 'Meu Deus. Eu nunca vi nada assim em toda a minha carreira!'"

Por Redação VEJA São Paulo - Atualizado em 10 abr 2019, 18h11 - Publicado em 10 abr 2019, 18h07

Você toma o cuidado de retirar toda a maquiagem antes de dormir? Pois a história de Theresa Lynch vai fazer você prestar mais atenção ao hábito de remover produtos como base e, especialmente, rímel. A mulher de 50 anos de idade resolveu ir ao médico após notar que seus olhos estavam muito irritados e soltando um líquido estranho. Os profissionais da saúde encontraram uma série de calcificações sob suas pálpebras.

Especialistas acreditam que os nódulos doloridos foram causados pela maquiagem pesada de Theresa e pelo fato de que a paciente passou 25 anos sem retirar diariamente o rímel antes de dormir. Os médicos também disseram que este foi o pior caso da doença que eles já viram. “As calcificações estavam tão profundas que estavam acumulando. Era muito desconfortável. As minhas pálpebras estavam inchadas e pesadas porque ignorei os sintomas por muito tempo”, contou Theresa. As informações são do Daily Mirror.

“Quando a médica examinou as minhas pálpebras, ela disse: ‘Meu Deus! Eu nunca vi nada assim em toda a minha carreira'”, relembrou Theresa. A médica Robaei, que é oftalmologista no Forest Eye Surgery, revelou que a paciente poderia ter perdido a visão por causa do descaso com a limpeza. “Sempre que a Theresa piscava, esses nódulos estavam esfregando na superfície dos olhos dela, trazendo um risco para sua visão. Se um arranhão tivesse infeccionado, haveria um risco dela ficar cega, mesmo que raro”, relembrou a profissional. “Ela sofreu cicatrizes permanentes nas pálpebras e na superfície da córnea”.

A mulher revelou que sentia como se alguém estivesse constantemente jogando areia nos seus olhos, dizendo que é uma “irritação constante”. “Nem todas as mulheres tomam o cuidado de remover a máscara para cílios da maneira correta. É preciso ser meticulosa”, orientou Robaei.

Theresa, que é americana e mora em Sidney, na Austrália, faz um alerta. “Eu fiquei chocada, achei que tivesse causado um dano permanente às minhas pálpebras e que jamais voltaria ao normal. Caí num péssimo hábito de usar muita maquiagem e não removê-la. Eu jamais deveria ter deixado isso acontecer. É tão importante remover sua maquiagem apropriadamente todas as noites. Você não pode perder nenhum dia”

Dê sua opinião: E você, o que achou do alerta da mulher? Deixe seu comentário e aproveite para curtir nossa página no Facebook!

Continua após a publicidade
Publicidade