Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês
Pop! Pop! Pop! Por Blog Cultura pop, TV e o que repercute nas redes sociais

A saga deste rapaz para sorrir na foto 3×4 inspirou muita gente

Insistência de Felipe Borges para sorrir na foto de sua carteira de motorista teve mais de 60 000 curtidas e virou assunto até mesmo no Detran

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 6 jul 2017, 19h00 - Publicado em 6 jul 2017, 18h20

Luz fria, pose carrancuda… É quase impossível achar alguém que goste das próprias fotos 3×4, não é? O fotógrafo Felipe Borges passou por uma situação inusitada ao tentar mudar essa realidade – e fez um relato que teve mais de 60 000 curtidas no Facebook.

Tudo aconteceu quando Felipe teve que tirar foto para a carteira de motorista em Sete Lagoas (MG). Ao abrir um sorriso para a foto, soube pela atendente que a pose era contra as regras. “Este é um documento, não pode sorrir!”, justificou a moça. Segundo ele, nem a dona da clínica escapou do debate. “Ora senhor, são normas. Está no estatuto”, argumentou a segunda mulher.

Não satisfeito, ele insistiu para manter os dentes à mostra, pediu para ver o estatuto e, depois de muita discussão, assinou um termo se responsabilizando pela pose. De CNH em mãos, ele contou detalhes da saga no Facebook e acabou viralizando. A história divertida quase 10 000 comentários e inspirou muita gente a refazer as fotos em documentos.

Até a unidade carioca do Detran entrou na brincadeira…

Reprodução/Facebook/Veja SP

 

E você, vai tentar abrir um sorriso nos documentos? Deixe seu comentário e aproveite para curtir nossa página no Facebook.

Continua após a publicidade

Publicidade