Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês
Poder SP - Por Sérgio Quintella Sérgio Quintella é repórter de cidades e trabalha na Vejinha desde 2015

Após reportagem de Vejinha, Sabesp inicia obras em estações depredadas

Se estivessem funcionando, locais, nas margens da Guarapiranga, evitariam despejo de esgoto na represa

Por Sérgio Quintella Atualizado em 28 set 2021, 18h46 - Publicado em 28 set 2021, 18h08

Após reportagem de Vejinha mostrar que pelo menos quatro estações elevatórias de esgoto na região de Interlagos, na Zona Sul, foram sucessivamente depredadas ao longo de mais de um ano, a Sabesp iniciou nesta terça-feira (28) a reconstrução das instalações.

As estações elevatórias foram construídas há duas décadas na Represa de Guarapiranga e são responsáveis por receber os dejetos de centenas de milhares de domicílios. Os locais têm a função de bombear por pressão o esgoto e enviá-lo posteriormente para estação de tratamento, que fica distante. O prazo de conclusão das obras é de 6 meses.

A imagem mostra um estação toda pichada e com muito entulho em volta
Guarapiranga: estação sem muros e vandalizada Alexandre Battibugli/Veja SP

Os sucessivos furtos e depredações começaram de um ano para cá: três das cinco dessas estações ficaram totalmente inoperantes. Na altura do número 8040 da Avenida Senador Teotônio Vilela, na estação Varginha, a reportagem encontrou o local tomado por lixo, restos de roupas e pinos de cocaína. Tudo foi saqueado, depredado ou surrupiado. Leia a reportagem completa sobre o assunto aqui. 

  •  

    Continua após a publicidade
    Publicidade