Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Poder SP - Por Sérgio Quintella Sérgio Quintella é repórter de cidades e trabalha na Vejinha desde 2015

Prefeito de Monte Mor manda moradores de rua para cidades vizinhas

"Quem vai querer trabalhar se tem marmita e pinga [de graça]", afirma Edivaldo Brischi

Por Sérgio Quintella Atualizado em 17 jul 2021, 10h35 - Publicado em 17 jul 2021, 10h03

A prefeitura de Monte Mor (SP) enviou nesta semana pelo menos seis vans, com dez moradores de rua cada, para cidades vizinhas (ou nem tanto), como Boituva, Bauru e Campinas, no interior de São Paulo. Pelas redes sociais, o prefeito Edivaldo Antônio Brischi (PTB) falou de sua política de “revitalização” que implementou no município. 

“Fiquem bravos comigo, pode ficar bravo, mas agora tem prefeito nesta cidade. Ontem foram seis viagens. Foram embora para Rio das Pedras, Bauru, Campinas, São Paulo, Orquídeas. Pessoas do bem, me ajudem, me apoiem nessa ação. Tem muita gente metendo louco no Edivaldo, metendo louco no prefeito. Só que eu não aguento mais reclamação, e não posso ver minha cidade virar um lixo”, disse. Veja no final desta reportagem o vídeo completo.

No mesmo vídeo, o prefeito falou para os moradores da cidade não fornecerem ajuda para os sem-teto. “Quem vai querer trabalhar se tem marmita e pinga [de graça]”, afirma Edivaldo Brischi

Uma das prefeituras que receberam os moradores em situação de rua, Boituva registrou boletim de ocorrência por violação de direitos humanos. Os sem-teto foram abordados pela Guarda Civil Municipal na praça da rodoviária na última terça. Eles foram levados para passar a noite no ginásio de esportes.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade