Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês
Poder SP - Por Sérgio Quintella Sérgio Quintella é repórter de cidades e trabalha na Vejinha desde 2015

Quase tucano, Frota já chamou Alckmin de vagabundo e criticou João Doria

Em vídeo publicado no ano passado, deputado expulso do PSL falou que Doria abandonou a cidade e comprou votos para ganhar as prévias

Por Sérgio Quintella Atualizado em 16 ago 2019, 16h13 - Publicado em 16 ago 2019, 16h12

Enquanto se prepara para, ao que tudo indica, se filiar ao PSDB, levado pelas mãos do governador João Doria, o deputado federal Alexandre Frota precisará explicar as diversas críticas que fez ao partido e seus principais líderes. Em um vídeo publicado no YouTube em junho do ano passado, o então candidato bolsonarista desferiu diversas críticas a Geraldo Alckmin e João Doria.

“Nesse campo político a maior lambança foi a escolha do Doria, que hoje é acusado de compra de votos para concorrer à Prefeitura de São Paulo, abandonou a Prefeitura de São Paulo. E o Alckmin usou a máquina do estado para dinamitar os rivais dele. Esse é o PSDB que quer continuar roendo o osso em parceria com o PT. Cambada de vagabundo e safado, incluindo o Alckmin”, falou à época.

Em 2017, Frota também havia criticado Doria no episódio da demissão da então secretária de Assistência Social Soninha Francini, demitida pelo hoje governador ao vivo no Facebook. Procurado, o Doria não se pronunciou.

Reprodução/Instagram/Veja SP

Outro tucano citado por Frota é o secretário de Saúde da capital, Edson Aparecido, processado pelo Ministério Público sob a acusação de enriquecimento ilícito, mas que foi absolvido em primeira instância.

Veja o vídeo completo abaixo:

Continua após a publicidade

Publicidade