Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Alessandra Rodrigues - Nutrição e Bem-Estar Por Blog

Sucos para crianças

A dúvida sobre o que escolher como bebida para crianças faz parte da rotina da maior parte das mães que conheço. Por isso, hoje resolvi falar um pouco sobre esse tema! O ideal é ensinar a criança a não ingerir líquidos durante as refeições, em especial em grande quantidade, já que o excesso de líquidos […]

Por VEJA SP Atualizado em 26 fev 2017, 22h21 - Publicado em 31 mar 2014, 18h02
(Foto: Juice Images/Latinstock)

(Foto: Juice Images/Latinstock)

A dúvida sobre o que escolher como bebida para crianças faz parte da rotina da maior parte das mães que conheço. Por isso, hoje resolvi falar um pouco sobre esse tema!

O ideal é ensinar a criança a não ingerir líquidos durante as refeições, em especial em grande quantidade, já que o excesso de líquidos atrapalha o contato dos alimentos com as enzimas digestivas e atrapalha ainda a absorção de alguns nutrientes importantes.

+ Enjoo na gravidez: dicas para diminuir o incômodo

A água definitivamente é a melhor opção, mas sabemos que eles não querem sempre água, então aqui vão algumas sugestões de suco — refrigerantes NÃO devem de forma alguma fazer parte da rotina alimentar de crianças, em especial os refrigerantes a base de cola que, de acordo com estudos, aumentam a mobilização óssea de cálcio!

+ Saiba cortar corretamente o glúten da alimentação

Continua após a publicidade

♦ Sucos naturais – perdem muitas vitaminas e ainda correm os risco de “azedar” quando levados para escola para hora do lanche,  se a criança estiver fora do peso definitivamente não são uma boa opção por serem ricos em frutose, açúcar natural da fruta, já que para preparar um copo de suco se usa mais do que uma porção de fruta e se perde praticamente toda fibra. O melhor seria enviar uma fruta in natura, que tem mais fibras, vitaminas e minerais que o suco para o lanche. Para hora do almoço, ainda insisto que o melhor seria oferecer a fruta como sobremesa e não na forma de suco.

♦ Sucos de caixinha – riquíssimos em açúcar, definitivamente não são uma boa opção. Cuidados com aqueles que trazem a informação: adoçado com açúcar natural da fruta! A quantidade de frutose adicionada a estes é altissima e nessas concentrações, de acordo com estudos, acabam por fazer tão mal quanto os adoçados com açúcar!

+ As diferenças entre os tipos de açúcar

 ♦ Sucos a base de soja – os fitosteróis contidos na soja tem sido cada vez mais apontados como não adequados para consumo infantil, embora não exista ainda um consenso, prefiro evitar o uso destes por crianças.

♦ Sucos concentrados sem adição de açúcar – prefira versões isentas de corantes e conservantes; faça o mais diluído possível e tente não adoçar ou use opções como stevia ou sucralose se seu filho estiver fora do peso.

♦ Água de coco – boa opção desde que você escolha as opções isentas de corantes e conservantes.

Continua após a publicidade
Publicidade