Clique e assine por apenas 6,90/mês
Alessandra Rodrigues - Nutrição e Bem-Estar Por Blog

O que consumir antes do treino?

A alimentação é fundamental para um praticante de atividades físicas. Ela caminha junto com o treino para que os objetivos finais sejam alcançados — ou seja, se você treina muito forte mas não nota resultados, acredite: o erro certamente devem ser os alimentos que você está ingerindo. Antigamente, algumas correntes defendiam a prática de exercício […]

Por Tatiane Rosset - Atualizado em 26 Feb 2017, 21h53 - Publicado em 27 May 2014, 14h00

002

A alimentação é fundamental para um praticante de atividades físicas. Ela caminha junto com o treino para que os objetivos finais sejam alcançados — ou seja, se você treina muito forte mas não nota resultados, acredite: o erro certamente devem ser os alimentos que você está ingerindo.

Antigamente, algumas correntes defendiam a prática de exercício em jejum. No entanto, como a nutrição é uma ciência que muda muito, novos estudos contra indicam o treino sem alimentação — este nova abordagem é defendido por muitos profissionais.

Após ler diversos trabalhos e estudar muito sobre a nossa fisiologia e mecanismo para a geração de energia, eu faço parte do grupo que defende um lanchinho pré-treino!

Continua após a publicidade

Mas o que comer? A dúvida é sempre essa! Por isso fiz esse post para te ajudar. Para quem buscar a perda de peso, o ideal é optar por alimentos ricos em carboidratos, lembrando que é bom realizar refeições mistas (carboidratos de alto de baixo índice glicêmico).

Vamos para a prática?

Pães, torradas,  biscoitos, cereais (todos integrais) e batata doce são alimentos de baixo índice glicêmico — ou seja, liberam o açúcar para o sangue de maneira gradativa, fornecendo energia por um período maior. Já entre carboidratos de alto índice glicêmico podemos citar o mel, geleia e algumas frutas.

Refeições mistas permitem fornecimento de energia constante e, consequentemente, a otimização do uso dos nossos estoques. Sim, você leu certo: para queimar gordura, precisamos de energia, afinal gastamos 9 calorias para queimar 1 grama de gordura!

Continua após a publicidade

As frutas também podem ser usadas como alimento pré-treino. No entanto, dependendo da intensidade do exercício, a fruta deve ser associada a mais uma opção das descritas acima para evitar “queda de energia” durante a atividade física.

Quem prioriza um ganho de massa magra, a alimentação antes do treino deve ser feita de maneira diferente, associando carboidratos com proteínas — ou seja, vale misturar frutas, cereais integrais, mel e uma dose de proteína de rápida absorção ou então nozes, amêndoas e castanhas, por exemplo! Ainda falando das proteínas, uma pasta de queijo magro com azeitonas ou queijo magro com frios magros ou clara de ovo podem ser boas opções. As pastas de nuts, como pasta de amendoim, são uma excelente opção de pré-treino se combinadas com pão integral, por exemplo!

Suplementos a base de carboidratos ou carboidratos em pó vendidos em lojas de suplementos são ótimos para pacientes que referem aumento do apetite pós treino! Mas consulte sempre seu nutricionista para saber qual a melhor opção para você!

Publicidade