Clique e assine por apenas 6,90/mês
Alessandra Rodrigues - Nutrição e Bem-Estar Por Blog

Consumir frutas a vontade pode não ser bom para sua saúde; entenda

As frutas são muito importantes para o nosso dia a dia, afinal elas são fontes de fibras, vitaminas e minerais. Mas elas também são compostas por frutose, açúcar natural (que não deixa de ser açúcar) e, portanto, devem  ser consumidas sem excesso, principalmente por pacientes com excesso de peso, diabéticos ou que tenham altas taxas […]

Por Tatiane Rosset - Atualizado em 26 Feb 2017, 21h49 - Publicado em 5 Jun 2014, 19h26

frutas

As frutas são muito importantes para o nosso dia a dia, afinal elas são fontes de fibras, vitaminas e minerais. Mas elas também são compostas por frutose, açúcar natural (que não deixa de ser açúcar) e, portanto, devem  ser consumidas sem excesso, principalmente por pacientes com excesso de peso, diabéticos ou que tenham altas taxas de triglicérides no sangue.

Pesquisas sugerem que o consumo excessivo de frutose exerce efeito lipogênico — ou seja, induz a síntese de lipídios e está associado com aos componentes da síndrome metabólica, como resistência à insulina, circunferência da cintura elevada, dislipidemia e hipertensão.

Vale ressaltar que o aumento no consumo de frutose ao longo das últimas décadas coincidiu com a incidência crescente da síndrome metabólica e, nos Estados Unidos, diversos produtos adoçados com frutose tem sido retirados do mercado por associação com aumento da obesidade infantil. Foi demonstrado também que a alta ingestão de frutose diminui os hormônios sacietógenos (aqueles que causam saciedade).

Continua após a publicidade

A indústria de alimentos tem substituído com frequência o açúcar comum, a sacarose, por frutose. Mas esta não parece ser uma boa troca, já que a quantidade de frutose utilizada para a finalidade de adoçar é extremamente alta e, em excesso, traz tantos malefícios quanto o excesso de açúcar branco!

Vamos falar de forma mais prática ?

Um suco natural por exemplo, para muitos parece uma boa opção, mas quantas laranjas utilizamos para fazer um copo de suco? De duas a três, certo? E a melancia? Um pedaço grande da fruta é utilizado, para ficar bem docinho e com pouca água.

Ou seja, na grande maioria das vezes, os sucos naturais ultrapassam as porções recomendadas de consumo de frutas para um dia. No caso da laranja, ao tomar um copo de suco você esta ingerindo 3 laranjas de uma só vez, mas quase nada de fibra. Comer 3 laranjas com bagaço leva tempo e dá mais saciedade, já tomar um copo de refresco é rapidinho, especialmente se estivermos com sede.

Continua após a publicidade

Além disso, a recomendação para uma população saudável é de até 3 porções de frutas ao dia — ou seja, em um copo de suco foram todas as porções de uma vez só, todas elas quase sem fibras. Então fique atento: é sempre melhor comer a fruta a consumí-la em forma de suco, e isso vale principalmente para crianças!

Mas vamos lá, sem extremismoso consumo não exagerado de frutas é sim recomendado. Elas são ricas em fibras, minerais, vitaminas, como a vitamina C, que é um poderoso antioxidante e combate os efeitos negativos da frutose. Só é importante prestar atenção as quantidades, afinal nada deve ser usado indiscriminadamente e nem excluído permanentemente: moderação é a caminho!

Exemplos de porções:

Abacaxi — 1 fatia média

Continua após a publicidade

Banana — 1 unidade

Laranja/Mexerica — 1 unidade

Maçã — 1 unidade

Mamão — 1 fatia (100g)

Continua após a publicidade

Morango — 10 unidades

Uva — 10 unidades

Publicidade