Clique e assine por apenas 6,90/mês
Notas Etílicas Por Saulo Yassuda Dicas, novidades e observações do mundo dos bares e das bebidas

Pequeno, Little Cronin tem inspiração irlandesa; leia minha crítica

Em Higienópolis, o bar conta com apenas quinze lugares

Por Saulo Yassuda - 11 jan 2019, 06h00

O Little Cronin é um dos menores bares da cidade, mas não sem aconchego.

Seus quinze assentos, divididos entre quatro mesinhas e um balcão, acolhem o público da vizinhança, que faz um pit stop para tomar um pint de chope Guinness (R$ 30,00) enquanto observa parte de Higienópolis pela porta envidraçada.

Guinness pie: tortinha recheada com picadinho de carne cozida na cerveja preta Divulgação/Divulgação

“Este é o verdadeiro espírito de pub: um bar para ir beber e comer que funciona o dia todo e perto de casa”, acredita a cineasta paulistana Tayla Tzirulnik, que inaugurou o endereço em novembro junto do marido, o administrador irlandês Jeff Cronin.

Chope Guinness: opção no bar Divulgação/Divulgação

Receita importada por ele, a guinness pie é uma tortinha com massa que lembra a de empada recheada com um saboroso picadinho de carne cozida na cerveja preta (R$ 35,00). Vem acompanhada de salada de repolho-roxo e ervilha bem puxada no suco de limão.

Outro bocado, o sanduíche de gravlax de salmão em bom pão com picles de cebola-roxa da casa, creme de ricota e rúcula é apresentado com alface-romana ao molho de anchova e parmesão (R$ 34,00).

Sanduíche de gravlax de salmão Divulgação/Divulgação

Na linha de coquetéis, não faz feio o gim-tônica aromatizado com maçã verde desidratada e canela em pó (R$ 25,00), servido em copo alto.

Avaliação: BOM (três estrelas)

Continua após a publicidade

Clique para conferir o cardápio:

Cardápio Divulgação/Divulgação

 

 

 

 

 

 

Quer mais dicas? Siga minhas novidades no Instagram @sauloy.
Continua após a publicidade
Publicidade