Bartenders badalados preparam drinques especiais de gim no Riviera

Tato Giovannoni, do Florería Atlántico, em Buenos Aires, e o premiado Alexandre D'Agostino, do Apothek, visitam o bar na terça (4)

O atraente balcão vermelho do bar Riviera, estabelecimento fundado há setenta anos na Avenida Paulista, recebe nomes badalados da coquetelaria nacional e internacional para um noite regada a drinques de gim nesta terça (4).

O evento, chamado Guest 360, terá a presença do argentino Tato Giovannoni, dono do portenho Florería Atlántico. O bar de coquetelaria de Buenos Aires, cuja fachada é camuflada por uma floricultura, foi considerado o 39º melhor bar do mundo pela lista The World’s 50 Best Bars em 2018.

Todos os coquetéis serão preparados com a marca de gim de Giovannoni, Príncipe de los Apóstoles, e custarão 29 reais. O argentino sugere o negroni balestrini, defumado e com toque de eucalipto, e um coquetel de gim, Cynar, eucalipto, limão-siciliano e água tônica. 

Marco de la Roche: experiente bartender no balcão do Riviera

Marco de la Roche: experiente bartender no balcão do Riviera (Elvis Fernandes/Divulgação)

Outro bartender premiado, desta vez pela mais recente edição COMER & BEBER, se juntará a Giovannoni. É Alexandre D’Agostino, dono do Apothek, em Pinheiros, considerado o melhor bar de drinques da cidade. D’Agostino, também foi considerado o melhor bartender de 2018 na mesma premiação.

No Riviera, ele faz um gim-tônica com toque de rum envelhecido, jerez fino e bitter de laranja.

Junto da dupla, um entusiasta do mundo da coquetelaria também ficará atrás do balcão. Se trata de Michel Berndt, sócio da marca de utensílios para fazer gelos Tuaq e dono do perfil Mix-o-LOGIC no Instagram. 

Drinque de Tato Giovannoni: gim, Cynar, eucalipto, limão-siciliano e água tônica

Drinque de Tato Giovannoni: gim, Cynar, eucalipto, limão-siciliano e água tônica (Elvis Fernandes/Divulgação)

Os convidados serão recebidos pelo bartender da casa, Marco de la Roche. “Todos os coquetéis da noite são muito refrescantes, com um toque amargo, cheio de especiarias. É uma fase de muitos temperos na coquetelaria”, acredita o anfitrião, que deixou os convidados à vontade para criarem as receitas. Além disso, de la Roche diz que os drinques são fáceis de serem reproduzidos fora do bar.

O bartender prepara novidades para o ano que vem. No segundo trimestre de 2019, lançará uma carta que diz ir além dos drinques. “Será algo mais sinestésico”, revela, sem maiores detalhes. O jeito é esperar para ver.

Com reportagem de Gabriela Santos

Quer mais dicas? Siga minhas novidades no Instagram @sauloy.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s