Clique e assine com até 89% de desconto
Notas Etílicas Por Saulo Yassuda Dicas, novidades e observações do mundo dos bares e das bebidas

Fechado desde o ano passado, Frank Bar retorna com novo ambiente

Em primeira mão, veja o projeto do salão do melhor bar de drinques da cidade, que passou por uma reforma

Por Saulo Yassuda Atualizado em 31 jan 2020, 01h12 - Publicado em 21 jan 2020, 19h57

Após um mês e pouquinho fechado (36 dias, para ser mais exato), o Frank Bar reabre para o público na segunda (27), se não houver mais atrasos. O bar, premiado como o melhor endereço para beber drinques no guia COMER & BEBER 2019/2020, estreia um novo ambiente, cujo projeto você confere em primeira mão abaixo.

A ideia inicial era que o local voltasse a funcionar nesta terça (21), mas houve uma demora na obra. Por enquanto, um tapume cobre a área.

A repaginação é mais que bem vinda. O estabelecimento ocupa, desde 2015, o mesmo lugar do velho Batidas e Petiscos, no Maksoud Plaza, só foi reformado de leve para a instalação do Frank. Era impossível não se sentir em um barzinho de hotel perdido nos anos 80.

Para o projeto, foi chamado o arquiteto Herbert Holdefer, responsável pelos ambientes de sucesso como os d’A Casa do Porco Bar e Esther Rooftop. A promessa é que o Frank continue intimista.

O balcão de madeira teve o tampo restaurado e ganhou, sobre ele, um lustre de seis metros de comprimento, para melhorar a iluminação nesse ponto. O salão apresenta mais marcenaria, e as prateleiras com garrafas recebem destaque. Sofás e mesas também estão de cara nova.

Continua após a publicidade

Confira abaixo o 3D do projeto:

Projeção do salão do Frank Bar com o retrofit Divulgação/Divulgação

Agora é esperar o dia 27 para saber como o local ficou e bebericar os deliciosos coquetéis do bartender Spencer Amereno Jr.

Publicação em VEJA SÃO PAULO, 31 de janeiro de 2020:

FRANK REPAGINADO

Depois de 36 dias fechado, o Frank Bar reabriu em 27 de janeiro. Durante o período de férias, o melhor bar de drinques da cidade, premiado pela mais recente edição COMER & BEBER, passou por uma bem-vinda reforma. Teve a marcenaria trocada, ganhou nova iluminação e perdeu o ar cansado que mantinha. A carta, por ora, continua intocada. Beba o wormwood floater (R$ 42,00), mescla de runs, vermute seco com infusão de ora-pro-nóbis e licor Chartreuse, aromatizado com casca de frutas cítricas, perfume de losna e priprioca. 

Quer mais dicas? Siga minhas novidades no Instagram @sauloy.

Continua após a publicidade
Publicidade