Clique e assine com até 89% de desconto
Notas Etílicas Por Saulo Yassuda Dicas, novidades e observações do mundo dos bares e das bebidas

Centro ganha bar com mesa de pingue-pongue e punk japonês no som

A casa fica na Rua Amaral Gurgel, debaixo do Minhocão, e pertence aos mesmos donos do Mandíbula

Por Saulo Yassuda Atualizado em 2 ago 2018, 18h40 - Publicado em 27 jul 2018, 13h19

Cama de Gato. Esse é o nome do novo bar do centro, abaixo do Minhocão, dono de um curioso atrativo: uma mesa de pingue-pongue de uso livre. Os cabeças do negócio são Bruno Bocchese e André Bandim, sócios também do bar Mandíbula, que levou agito à Galeria Metrópole.

A nova casa fica na Rua Amaral Gurgel, 453, pertinho da Rua da Consolação, num espaço deixado por um antigo sebo. A abertura é nesta sexta (27), em um evento só para convidados. A partir de sábado (28), a entrada já fica liberada ao público.

No lugar, vai dar para tomar cerveja em garrafa de 600 mililitros (Heineken, 12 reais), coquetéis como o negroni (18 reais) e comer alguns petisquinhos nas mesas coletivas instaladas na frente do salão projetado pelo Sub Estúdio. Tudo ao som de bandas de punk rock japonesa, como The Stalin, SA e The Genbaku Onanies.

Projeto do espaço Sub Estúdio/Divulgação

A grande vedete local é a mesa de pingue-pongue localizada mais ao fundos. O uso dela é livre — um valor caução é registrado na comanda, mas retirado com a devolução da raquete. A ideia é que quem for perdendo as partidas vá para o fim da fila, e nunca ninguém fique sem jogar.

“A inspiração veio de um bar chamado Dr. Pong, superfamoso em Berlim, onde tem uma mesa de pingue-pongue coletiva”, afirma o sócio André Bandim. “A casa também me lembra um clube de jogos de Pernambuco que eu ia. Tinha sinuca, totó e pingue-pongue, com cara de botecão.”

Mandíbula: bar dos mesmos donos, na Galeria Metrópole Divulgação/Veja SP

A carta de drinques tem a consultoria de Vini Marson, da Tito Bier, que criou misturas como o louro sour (15 reais), com cachaça, xarope de louro, limão-taiti e solução salina. A lista de quitutes, com sandubas e petiscos, foi bolada pelo pessoal do HM Food Café. Há pedidas como a batata pong (batata-bolinha cozida e assada ao lado de aïoli; 15 reais). Todos os preços são especiais de inauguração.

O espaço acomoda 48 pessoas sentadas, mas pode receber oitenta clientes ao todo — a ideia é que a galera circule. O horário de funcionamento é das 18h à 1h.

CAMA DE GATO
Onde: Rua Amaral Gurgel, 453, centro
Telefone: (11) 3129-9581
Quando: de segunda a sexta, das 18h à 1h. Abertura ao público no sábado (28)
Quanto: cerveja Heineken de 600 mililitros por 12 reais

Que bom que você veio até aqui. Comente neste post ou me escreva no e-mail saulo.yassuda@abril.com. Siga minhas novidades no Instagram @sauloy.

Continua após a publicidade
Publicidade