Clique e assine por apenas 5,90/mês
Notas Etílicas Por Saulo Yassuda Dicas, novidades e observações do mundo dos bares e das bebidas

Bardega, com oitenta vinhos em taça, volta a operar de olho nos protocolos

O wine bar do Itaim Bibi tem sistema self service

Por Saulo Yassuda - Atualizado em 18 set 2020, 01h43 - Publicado em 18 set 2020, 06h00

É preciso se apegar um pouco mais aos protocolos ao visitar o wine bar Bardega, que voltou a operar com horário restrito (das 16h às 22h de terça a sábado). Isso porque, para se servir dos vinhos expostos em máquinas, deve-se deixar a mesa e pressionar o botão ao escolher a dose.

Por isso, não se esqueça de vestir a máscara ao se levantar nem de limpar as mãos com álcool em gel antes de manusear (minimamente) o equipamento. O sistema é self service, mas a bebida fica toda protegida do contato humano. Os fãs de brancos de sauvignon blanc podem optar pelo Hunter’s Wine Stoneburn, neozelandês de ótima acidez (R$ 16,00, 30 mililitros; R$ 32,00, 60 mililitros; R$ 64,00, 120 mililitros).

Gaúcho, o tinto Don Affonso Parole Di Famiglia (R$ 7,00, R$ 14,00 e R$ 21,00) é 100% cabernet sauvignon, simples e com alguma rusticidade. Se vale a pena o esforço? Sim. A oferta em taça é uma das maiores da cidade, com oitenta rótulos, ainda que menor do que antes da pandemia. É possível provar um pouco de várias opções. Mas quem preferir poderá pedir uma garrafa e ir esvaziando aos poucos. “Assim que o governo liberar o horário após às 22h, retornaremos os 96 rótulos”, promete o sócio Rafael Ilan.

Bardega. Salão: Rua Doutor Alceu de Campos Rodrigues, 218, Itaim Bibi, tel: 2691-7578.

 

Valeu pela visita! Tem alguma novidade para me enviar? Meu e-mail é saulo.yassuda@abril.com.br

Também estou no Instagram: @sauloyassuda

E, olha só, voltei ao Twitter: @sauloy

+ Assine a Vejinha a partir de 6,90 mensais

Continua após a publicidade
Publicidade