Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês
Na Plateia Tudo sobre teatro

Quatro monólogos femininos para ficar de olho nos teatros da cidade

As atrizes Irene Ravache, Monique Alfradique, Denise Fraga e Amanda Lyra protagonizam solos com diferentes abordagens sobre o universo da mulher

Por Dirceu Alves Jr. Atualizado em 20 set 2019, 18h50 - Publicado em 20 set 2019, 18h42

+ Alma Despejada: Sob a direção de Elias Andreato, Irene Ravache protagoniza o monólogo em tom de comédia dramática escrito por Andréa Bassitt. O texto conta a história de Teresa, que, depois de morta, faz sua última visita à casa onde passou a maior para de sua vida. O imóvel acaba de ser vendido por seus filhos, e ela tenta se despedir das memórias. Teatro Porto Seguro. Quarta e quinta, 21h. R$ 60,00 e R$ 70,00.

+ Como Ter uma Vida Quase Normal. A atriz Monique Alfradique está no monólogo cômico, adaptado e dirigido por Rafael Primot com base no livro de Camila Fremder e Jana Rosa. Na trama, uma mulher que, depois de passar por fracassos e frustrações, permanece incansával na tentativa de lidar com seus dilemas. Teatro Folha. Sábado e domingo, 20h. R$ 50,00 e R$ 60,00.

+ Eu de Você. Em tom de comédia dramática, Denise Fraga apresenta o monólogo com base em dramaturgia coletiva. A atriz mostra situações baseadas em entrevistas com personagens reais e fragmentos de escritores e compositores. Direção de Luiz Villaça. Teatro Vivo. Sexta, 20h; sábado, 21h; domingo, 19h. R$ 50,00 e R$ 70,00. 

+ Quarto 19. Dirigida por Leonardo Moreira, Amanda Lyra é uma mulher que vive com um marido amoroso, tem uma empregada de confiança e deu um tempo na carreira para se dedicar aos três filhos. Angustiada, a personagem sente o equilíbrio emocional fugir de suas mãos e, atrás de sossego, aluga um quarto de hotel para passar as tardes sozinha. Teatro Eva Herz. Sexta, 21h. R$ 50,00. 

Continua após a publicidade
Publicidade