Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Randômicas Por Juliene Moretti Tudo sobre música, clipes, entrevistas e novidades dos shows.

Timidez, malandragem e boas músicas marcam estreia do filho de Cássia Eller

          Na última quinta (31), cerca de cem pessoas ocupavam as mesas do Bourbon Street. A expectativa era conhecer o filho de Cássia Eller, o Chicão, de 22 anos, que nessa noite mostraria pela primeira vez em São Paulo seu trabalho como músico na banda Chico Chico e Mantuano Trio. Quem estava mais atento […]

Por Juliene Moretti Atualizado em 26 fev 2017, 12h40 - Publicado em 1 abr 2016, 16h33

 

 

 

 

 

Chico: show do álbum de estreia ao lado do Mantuano Trio (foto: Marcos Hermes)

Chico: show do álbum de estreia ao lado do Mantuano Trio (foto: Marcos Hermes)

Na última quinta (31), cerca de cem pessoas ocupavam as mesas do Bourbon Street.

http://videos.abril.com.br/script/vejasp/id/fcfdc08cee31ce80f6464fac915e5d2c?w=590&h=332

A expectativa era conhecer o filho de Cássia Eller, o Chicão, de 22 anos, que nessa noite mostraria pela primeira vez em São Paulo seu trabalho como músico na banda Chico Chico e Mantuano Trio.

Continua após a publicidade

Quem estava mais atento conseguiu perceber a movimentação por trás da porta no palco. Vira e mexe, um dos integrantes espiava pela fresta para ver a quantidade de pessoas na casa – uma mistura de malandragem e ansiedade juvenil. Às 23 horas, Chicão entrou no palco. Os cabelos cacheados no estilo black power cobriam parte do rosto com traços que lembram (muito) os de Cássia. Bermuda de praia, regata branca, jaqueta jeans, chinelos e uma longneck de Budweiser na mão davam o clima informal do grupo, formado por outros jovens músicos tímidos (mas que tem muito a oferecer num futuro próximo).

+ Confira os shows do fim de semana

http://videos.abril.com.br/script/vejasp/id/4d4391a97cdfe032fec7a19372733b33?w=590&h=332

Chico tentava quebrar o gelo com os colegas, levando a experiência para um âmbito mais “reunião lá em casa”. Mas para todos, era quase impossível esquecer a plateia com celular na mão esperando os primeiro acordes.

Quase sem olhar para o público, os meninos conseguiram mostrar boa sintonia em cima do palco. Quem esperava para ouvir a voz de Chicão, precisou esperar um pouco. O primeiro a soltar o vozeirão foi João Mantuano, o segundo vocalista.

+ Fã em cadeira de rodas emociona Bruce Dickinson em show no Brasil

http://videos.abril.com.br/script/vejasp/id/7baa27703619956c72f0891105186655?w=590&h=332

Ninguém se decepcionou. O garoto conseguiu segurar a atenção dos presentes. Até que Chicão cantou e a reação da plateia não poderia ser outra: o burburinho de quanto o rapaz de 22 anos lembrava o som de Cássia tomou conta do lugar.

http://videos.abril.com.br/script/vejasp/id/fa7bac9eda5f285e2e094ebe8de6120d?w=590&h=332

O grupo tentou não mostrar o nervosismo. Musicalmente, eles conseguiram. Intercalando composições mais intimistas, que não fazem parte do disco 2×0 Vargem Alta, com as mais animadas, mostraram que a  a idade e experiência de palco podem fazer muitro mesmo.

Continua após a publicidade
Publicidade