Tuna Dwek, a Sueli Pedrosa de Sangue Bom, revela suas preferências no cinema

Na reta final das gravações da novela Sangue Bom, onde interpreta a fofoqueira Sueli Pedrosa, Tuna Dwek abriu espaço em sua agenda para me brindar com ótimas respostas na seção Eu e o Cinema. Além de atriz de TV, cinema e teatro, Tuna é tradutora e também faz críticas de cinema. Algum filme ou algum […]

Na reta final das gravações da novela Sangue Bom, onde interpreta a fofoqueira Sueli Pedrosa, Tuna Dwek abriu espaço em sua agenda para me brindar com ótimas respostas na seção Eu e o Cinema. Além de atriz de TV, cinema e teatro, Tuna é tradutora e também faz críticas de cinema.

Algum filme ou algum astro te fez despertar a vontade de ser atriz? Com certeza, ainda que inconscientemente, Cacilda Becker, especialmente por causa dos teleteatros. Também atriz Arletty, que eu adorei em Boulevard do Crime (Les Enfants du Paradis) e atores como Jean Marais, Maria Casarès e Jean Louis Barrault. Depois, Natalie Wood e Romy Schneider – eu não perdia um filme da série Sissi!

Quais são seus filmes preferidos? Vários! A Festa de Babette, Asas do Desejo, O Leopardo, Crepúsculo dos Deuses, A Malvada, O Poderoso Chefão, Clamor do Sexo, Noite de Estreia, Mulher sob influência, O Deserto dos Tártaros, O Céu que nos Protege, O que Terá Acontecido a Baby Jane?, O Cavalo de Turim, Hamlet (a versão russa), Boulevard do Crime, O Jardim dos Finzi Contini, Ladrões de Bicicleta, A Ilha Nua, Cidadão Kane.

Alguma cena especial foi marcante? A da escadaria em Encouraçado Potenkin, quando Kane pronuncia a palavra Rosebud, o desfecho de O Planeta dos Macacos, os anjos em Berlim em Asas do Desejo, e Gloria Swanson descendo a escadaria em Crepúsculo dos Deuses.

Tem diretores prediletos? A lista é não tem fim (risos). Martin Scorsese, John Cassavetes, Valerio Zurlini, Bela Tárr, Sokurov, Akira Kurosawa, Ingmar Bergman, Claudio Assis, François Ozon, Ana Carolina, Bruno Dumont, Douglas Sirk, Francis Ford Coppola, Fernando Meirelles, Kore-Eda, Hector Babenco, Steven Spielberg, Gillo Pontecorvo, François Truffaut, Wim Wenders, Chantal Akerman…

Algum diretor que você não perde nenhum filme?
Carlos Reygadas, Pedro Almodóvar, Bela Tárr, Woody Allen, Joel e Ethan Coen, Manoel de Oliveira, Lars Von Trier, Roman Polanski, James Ivory, Tsai Ming Liang, Won Kar Wai…

E atores e atrizes preferidos? Isabelle Huppert, Vanessa Redgrave, Cate Blanchett, Julianne Moore, Jodie Foster, Robert De Niro, Al Pacino, Sean Penn, Colin Firth, Marlon Brando, João Miguel, Dira Paes, Antonio Fagundes, Selma Egrei, Marion Cotillard, Elizabeth Taylor, Natalie Wood, Maggie Smith, Kristin Scott Thomas, Melissa Leo, Anna Magnani, Marilia Pera, Gloria Pires, Tony Ramos…

Qual sua primeira lembrança de ter ido ao cinema? Por uma questão de geração, o cinema era o lazer supremo na minha infância, assim como o teatro infantil. Me lembro passar os verões no Guarujá e de ir ao cinema Praiano.

Quem te levava ao cinema quando criança? Meu pai me levava aos domingos de manhã ao teatro e ao cinema eu ia com os amiguinhos. Me lembro de filmes que marcaram aquela época, como Um Dia, um Gato, O Maior Espetáculo da Terra, Os Dez Mandamentos e Fantasia.

Quais cinemas costumava frequentar? Na minha infância e adolescência, o Astor, Marachá, Picolino, Majestic, Coral, Bijou, Rio, Biarritz e Paulistano.

Leia também!

Eu e o Cinema com Maria Casadevall

Eu e o Cinema com René Sampaio, diretor de Faroeste Caboclo 

Tuna interpreta a repórter Sueli Pedrosa na novela Sangue Bom

Com que idade começou a escolher seus próprios filmes? Acho que a partir dos 12, 13 anos porque me lembro de esperar ansiosamente completar 14 anos para ver Romeu e Julieta, de Zeffirelli e Love Story. Chorei rios nos dois filmes.

Alguma coisa nos filmes que te faça mal? Sim, tortura e humilhação sexual. Maldade contra crianças seja por parte de alguma outra criança ou de adultos.

É uma pessoa nostálgica em relação aos filmes ou às salas de cinema? O avanço tecnológico trouxe qualidade à projeção. Mas sinto falta de como se priorizava a arte no cinema.

Dos diretores novos, algum tem uma filmografia que te atraia? O português Miguel Gomes e a ítalo-francesa Valeria Bruni Tedeschi são alguns dos jovens diretores que me instigam. Sean Penn, Tim Robbins, Robert Redford, George Clooney, Jodie Foster não são novos, mas são atores que dirigem com o frescor de um novo diretor.

Algum diretor com quem gostaria de trabalhar? Fernando Meirelles, Walter Salles, Hector Babenco, Eryk Rocha, Vicente Amorim, Guillermo Arriaga, Claire Denis e Michael Haneke.

E atores ou atrizes para contracenar com você? Antonio Fagundes, Selton Mello, Marco Nanini, Wagner Moura, Cassio Gabus Mendes, Milhem Cortaz, Fernanda Torres, Alice Braga, Tony Ramos, Gloria Pires, Irene Ravache. E, já que posso sonhar, Louis Garrel, Isabelle Huppert, Matthieu Amalric, Bruno Ganz, Vanessa Redgrave e Maggie Smith.

Gostou deste post? Então clique aqui e curta a minha página do blog no Facebook e tenha mais informações sobre cinema

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s