História de trigêmeos adotados por famílias distintas rende filme incrível

Três Estranhos Idênticos ficou inédito nos cinemas brasileiros e já está disponível no NOW

O documentário Três Estranhos Idênticos traz à tona uma história fascinante. Em 1980, aos 19 anos, Robert Shafran entrou na universidade. No primeiro dia de aula, foi cumprimentado por vários alunos, mas não entendeu o motivo, já que era calouro e não conhecia ninguém. Não demorou para descobrir algo incrível: ele tinha um gêmeo, que foi adotado por outra família. O encontro com David gerou uma reportagem e, em Nova York, um amigo avisou a Eddy que ele teria dois irmãos da mesma idade.

São ou não são idênticos?

São ou não são idênticos? (Divulgação/Veja SP)

O caso dos trigêmeos, separados aos 6 meses por uma sofisticada agência judaica de adoção, foi notícia em programas de TV e fez com que eles se tornassem celebridades. Mas havia algo por trás do fato inusitado mais terrível do que a ficção. Sem perder o fôlego, o registro segue num crescendo de surpresas e revelações. Eu vi NOW e recomendo muito.

Quer me seguir nas redes sociais? Anote: 

Facebook: facebook.com/paginadoblogdomiguel
Twitter: @miguelbarbieri
Instagram: miguelbarbieri
YouTube: Miguel Barbieri Jr. 

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s