Clique e assine por apenas 6,90/mês
Blog do Miguel Por Miguel Barbieri Jr. Fique por dentro das melhores dicas de filmes e séries.

Tem golden shower em série sobre sexo na Netflix

Amizade Dolorida trata do cotidiano de uma dominatrix e seu amigo gay

Por Miguel Barbieri - 17 May 2019, 14h00

Golden shower (chuva dourada) ganhou a mídia e foi um dos termos mais procurados no Google durante o Carnaval. Acredito que todos devem lembrar o motivo: o presidente Jair Bolsonaro fez uma crítica aos blocos de rua e postou, em sua conta no Twitter, uma cena, em São Paulo, em que um rapaz urinava no rosto de outro – isso é golden shower, um prazer sexual bizarro, mas é um prazer para quem curte.

Pois bem. A introdução do golden shower foi para falar de Amizade Dolorida, a nova série da Netflix. Estou gostando desses seriados curtinhos da Netflix, como Special, em que cada episódio dura cerca de quinze minutos. Ou seja: uma série inteira tem a metragem de um filme. E eu vi Amizade Dolorida de uma tacada só.

A trama gira em torno de dois personagens: Tiff (Zoe Levin) e Pete (Brendan Scannell). Eles são amigos desde os tempos do colégio e moram em Nova York. Pete, inspirado no roteirista Rightor Doyle, é gay, quer fazer carreira como comediante de stand up, mas trabalha como garçom num café. Para aumentar a renda, aceita o convite de Tiff, que é dominatrix, para ser segurança dela. A jovem atende os desejos mais obscuros de seus clientes. Um, por exemplo, sente prazer em ter cócegas; outro gosta de se vestir de pinguim e lutar com uma pessoa também fantasiada como a ave das terras geladas. E há o cara que se masturba quando alguém urina em seu corpo – o tal golden shower (a cena aparece no segundo episódio).

Sex Education e Special também tratam abertamente de temas sexuais entre os jovens. Amizade Dolorida tem, sim, momentos picantes (como quando o room mate hétero de Pete pede que ele introduza o dedo em seu ânus), mas, no decorrer nos episódios, a história vai ganhando contornos mais brandos e românticos. Enquanto Pete se encanta com um cara mais velho, Tiff se deixa levar pelas cantadas desastrosas de um colega do curso de psicologia. Desculpe o trocadilho, mas dá para ver Amizade Dolorida sem dor e sem muita expectativa para poder curtir.

Continua após a publicidade

Quer me seguir nas redes sociais? Anote: 

Facebook: facebook.com/paginadoblogdomiguel
Twitter: @miguelbarbieri
Instagram: miguelbarbieri
YouTube: Miguel Barbieri Jr. 

Publicidade