Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Tudo Sobre Cinema

Roger, do Ultraje, responde se aprendemos a escolher presidente

O líder e vocalista do Ultraje a Rigor é destaque do documentário sobre a banda paulistana, que estreou nesta quinta (31)

Por Miguel Barbieri 31 jan 2019, 17h39

Acompanhei a carreira do Ultraje a Rigor, desde o surgimento da banda lá em meados da década de 80. Cantei junto músicas como Nós Vamos Invadir sua Praia, Sexo, Pelado, Ciúme e tantas outras. Foi, então, com grande prazer que assisti ao documentário Ultraje, dirigido por Marc Dourdin, que estreou nesta quinta (31) em duas salas da Cinemark em São Paulo: Eldorado e Metrô Santa Cruz. E num único horário: 19h. Consulte a programação aqui.

Vale a pena conferir a trajetória da banda paulistana. Além de entrevistas atuais, há um farto material de arquivo como cenas que, olha só, eu nunca tinha vista. Exemplo: um encontro casual de Roger Moreira, líder do Ultraje, com Cazuza. Fora, claro, as várias imagens caseiras captadas durante as turnês do grupo.

Roger, hoje, faz apenas um show por mês e tem se dedicado a acompanhar musicalmente as entrevistas de Danilo Gentili no talk show The Noite.

Eleitor e apoiador de Bolsonaro, Roger me respondeu se, agora, a gente aprendeu a votar. Voltando no tempo, quem não se lembra da famosa frase de canção do Ultraje dizendo que “a gente não sabemos escolher presidente”.

Confira a resposta dele abaixo para a pergunta: “Roger, declarando voto em Bolsonaro, acredita que o brasileiro aprendeu a escolher presidente?”.

Continua após a publicidade

“Sim, embora me acusem de, finalmente, ter feito sentido, o que é, evidentemente, uma idiotice comprovada, além de clara manifestação de vontade de me agredir por motivos ideológicos. O brasileiro votou contra o que não queria mais e ainda garantiu que o novo governo tivesse apoio no congresso. Foi uma grande manifestação de maturidade. Não quer dizer que daqui para frente votará sempre certo nem foi minha intenção com a frase. Quis dizer que queríamos votar. Ainda temos muito o que aprender”.

  • Quer me seguir nas redes sociais? Anote: 

    Facebook: facebook.com/paginadoblogdomiguel
    Twitter: @miguelbarbieri
    Instagram: miguelbarbieri
    YouTube: Miguel Barbieri Jr. 

     

     

    Continua após a publicidade
    Publicidade