Oscar: quem leva e quem merece o prêmio de melhor filme e diretor

É amanhã! Domingão do Oscar, a premiação mais importante do cinema. Estarei aqui no blog fazendo comentários sobre a cerimônia, acompanhado dos meus colegas de redação Diego Maia, Carolina Romanini (do Beleza de Blog) e Tiago Faria (do Pop! Pop! Pop!). Não deixe de nos acompanhar a partir das 21h. No post de ontem, comentei […]

É amanhã! Domingão do Oscar, a premiação mais importante do cinema. Estarei aqui no blog fazendo comentários sobre a cerimônia, acompanhado dos meus colegas de redação Diego Maia, Carolina Romanini (do Beleza de Blog) e Tiago Faria (do Pop! Pop! Pop!). Não deixe de nos acompanhar a partir das 21h.

No post de ontem, comentei sobre preferências e apostas para atores e atrizes. Hoje, as perguntas que não querem calar: quem leva o Oscar de melhor filme e direção?

Argo ou Lincoln? A estatueta de melhor filme deve ficar entre o excepcional thriller dirigido por Ben Affleck e correto drama histórico de Steven Spielberg. É o embate da nova com a velha geração. Argo desponta como favorito porque levou o prêmio do sindicato dos produtores e o Globo de Ouro, além de uma penca de troféus. Lincoln corre por fora porque Steven Spielberg está indicado ao Oscar de melhor diretor e Ben Affleck, absurdamente, não. A última vez que um longa-metragem ganhou o Oscar de melhor filme sem que seu diretor estivesse concorrendo foi em 1990, com Conduzindo Miss Daisy. Quem me conhece e me acompanha no blog, sabe da minha torcida por Argo. Lincoln seria meu oitavo candidato a melhor filme, atrás de Django Livre (2º), Amor (3º), A Hora Mais Escura (4º), As Aventuras de Pi (5º), O Lado Bom da Vida (6º) e Os Miseráveis (7º). Indomável Sonhadora seria minha última opção.

Aposta: Argo

Preferência: Argo

Ben Affleck, que ganhou o prêmio do sindicato dos atores e o Globo de Ouro, não está concorrendo. Aliás, outros cineastas, que deveriam estar no páreo, ficaram de fora: Quentin Tarantino (Django Livre), Kathryn Bigelow (A Hora Mais Escura) e Paul Thomas Anderson (O Mestre). Steven Spielberg deverá ser vencedor, mas, lá no fundo, tenho minha torcida para Michael Haneke, o diretor austríaco de Amor. Também não acharia ruim se Ang Lee levasse o prêmio por seu belo As Aventuras de Pi. David O. Russell (O Lado Bom da Vida) e Benh Zeitlin (Indomável Sonhadora) são azarões.

Aposta: Steven Spielberg

Preferência: Michael Haneke

Gostou deste post? Então curta a página do blog no Facebook e tenha mais informações sobre cinema

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s