Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Tudo Sobre Cinema

Oscar 2021: pré-finalistas a melhor filme internacional na Netflix e Globoplay

Agente Duplo é o candidato do Chile

Por Miguel Barbieri 3 mar 2021, 16h32

No dia 15 de março será divulgada a lista com os indicados ao Oscar 2021. Mas você sabia que já existe uma lista com pré-finalistas em algumas categorias? Uma delas é a de melhor filme internacional, que deixou de fora o nosso Babenco – Alguém Tem que Ouvir o Coração e Bater e Dizer: Parou. Dos quinze longas-metragens pré-indicados, três já estão nas plataformas digitais da Netflix ou Globoplay. Gostei muito do candidato de Taiwan, achei interessante o do Chile, mas o do México…. confira abaixo minhas opiniões.

+Assine a Vejinha a partir de 6,90.

> Agente Duplo é pré-finalista em duas categorias. Além de melhor filme internacional, busca uma vaga para melhor documentário. Embora faça um registro muitas vezes artificial, o longa-metragem do Chile extrai verdades com suas câmeras ocultas. Sergio tem 83 anos e acabou de ficar viúvo. Encontra, porém, uma atividade na agência do detetive Romulo. Ele aceita se infiltrar num asilo de idosos para saber se a mãe de uma cliente está sendo bem tratada. Munido de um celular, deve enviar relatórios diários para o chefe, mesmo sem dominar a tecnologia dos smartphones. Dentro da casa, o “espião” observa atentamente o comportamento e a situação dos colegas — da solidão à carência, das festinhas aos velórios. Sergio é como se fosse um narrador do que presencia — e o espectador se vê frente a frente com uma realidade cruel, desalinhavada em depoimentos carregados de tristeza e melancolia. Globoplay.

> O drama A Sun é uma cativante crônica social de uma família de classe média de Taipé e representa Taiwan. Na trama, o jovem A-Ho (Wu Chien-­Ho) se envolveu numa agressão e foi condenado a ficar alguns anos num reformatório. Seu pai (Wen Chen Yi), então, corta relações com o rapaz e passa a admirar apenas o outro filho. A mãe (Samantha Shu-Chin Ko) se divide. Mas os conflitos domésticos só pioram, sobretudo quando uma garota de 15 anos revela estar grávida de A-Ho. Envolvidos em sucessivos transtornos e tragédias, os personagens de pais e filhos ganham veracidade ímpar em suas constantes mudanças de comportamento. Netflix.

> O México conquistou uma vaga entre os quinze pré-finalistas com uma história tão regional quanto comum. Em Ya No Estoy Aquí, Ulises, papel de Daniel Garcia), tem um corte de cabelo para lá de exótico, vive em Monterrey e é fanático pelas cumbas, ritmo musical colombiano. Por causa de pesados atritos entre gangues, o rapaz de 17 anos é obrigado a fugir para os Estados Unidos. Em Nova York, sem falar uma única palavra em inglês, tenta sobreviver com a ajuda da neta de um comerciante chinês. Em solo americano, o filme traz à tona o já combalido registro do imigrante ilegal, mas, pelo menos, dá certo ânimo a uma trama movida por uma “excentricidade” aplaudida pelos gringos. Netflix.

Continua após a publicidade
  • Quer me seguir nas redes sociais? Anote: 

    Facebook: facebook.com/paginadoblogdomiguel
    Twitter: @miguelbarbieri
    Instagram: miguelbarbieri
    YouTube: Miguel Barbieri Jr. 

     

     

     

     

    Continua após a publicidade
    Publicidade