Netflix: os 11 melhores filmes ambientados na II Guerra Mundial

Além de longas-metragens exibidos nos cinemas, como Até o Último Homem, há produções inéditas na plataforma digital

A II Guerra Mundial já foi bastante explorada no cinema, mas, infelizmente, há poucos filmes na Netflix sobre o mais terrível período do século XX. Além de longas-metragens já exibidos nas salas, encontrei três inéditos – e bons: Riphagen, Lída Baarová e O Fotógrafo de Mauthausen (este é uma produção espanhola da Netflix). Confira abaixo a lista com os meus preferidos e boas sessões.

Riphagen > Jeroen van Koningsbrugge atua como o holandês que trabalhava para o serviço secreto alemão dedurando judeus escondidos em Amsterdã. Mas ele fazia jogo duplo: deixava de entregá-los à polícia em troca de “guardar” joias e dinheiro. Além da complexidade do personagem, o filme expõe um aspecto interessante sobre a situação da Holanda após a rendição dos nazistas, em 1944.

Corações de Ferro > A trama é ambientada em abril de 1945, quando os alemães enfrentavam, em seu país, a invasão dos aliados. Líder de um tanque nos campos de batalha, o sargento americano Don Collier (Brad Pitt) tem um exército de três homens (Shia LaBeouf, Michael Peña e Jon Bernthal) para encarar os inimigos.

Corações de Ferro Corações de Ferro

Corações de Ferro (Divulgação/Veja SP)

O Pianista > Vencedor do Oscar de melhor, Adrien Brody interpreta um pianista que tenta sobreviver na Polônia durante a II Guerra.

Lída Baarová > Embora com recriação de época mediana, a biografia de Lída Baarová, papel de Tatiana Pauhofová (foto), ganha pontos pelas curiosidades. Atriz famosa na Checoslováquia da década de 30, ela se mudou para Berlim a fim de fazer carreira no cinema alemão. Caiu nas graças de Hitler e virou amante de Joseph Goebbels, o ministro da Propaganda nazista, que era casado e pai de família. A trajetória de Lída, então, foi da glória à desgraça em poucos anos.

Lída Baarová: a história da amante de Joseph Goebbels

Lída Baarová: a história da amante de Joseph Goebbels (Divulgação/Veja SP)

O Fotógrafo de Mauthausen > Mario Casas (foto) interpreta Francesc Boix, o assistente do fotógrafo do campo de trabalho escravo de Mauthausen, para onde eram levados, além de assassinos, judeus poloneses e espanhóis expatriados pelo ditador Francisco Fran¬co. Sua missão era nobre: esconder fotos e negativos para expor ao mundo as atrocidades cometidas pelos nazistas. A trama, ambientada em 1944, tem elementos do drama e do suspense.

O Menino do Pijama Listrado > A amizade de dois garotos, um deles preso num campo de concentração, move o comovente drama inspirado no best-seller de John Boyne.

Até o Último Homem > O americano Desmond Doss (Andrew Garfield) é um rapaz apaixonado pela enfermeira Dorothy (Teresa Palmer), vem de uma família humilde e, interessado em medicina, decide se alistar para lutar na II Guerra e, assim, poder salvar seus compatriotas no Japão, em 1945. Adventista do Sétimo Dia, passa, antes, por um árduo treinamento do Exército e nem mesmo seu tipo franzino o faz desistir do objetivo. Algo, porém, ameaça sua permanência: o soldado leva ao pé da letra o mandamento “não matarás” e se recusa a pegar em armas.

Andrew Garfield em cena de ‘Até o Último Homem’

Andrew Garfield em cena de ‘Até o Último Homem’ (divulgação/Veja SP)

A Lista de Schindler > A magistral obra-prima de Steven Spielberg resgata a história de Oskar Schindler (Liam Neeson), um industrial que, na Polônia ocupada pelos nazistas, empregou vários judeus para ajuda-los a escapar da morte.

Suíte Francesa > Uma história de amor ambienta na II Guerra que flagra a paixão de um soldado alemão por uma francesa viúva.

Bastardos Inglórios > Estamos no terreno de Quentin Tarantino e, além da violência estilizada, há humor num roteiro muito original. A ação desenrola-se durante a II Guerra e toma dois rumos. Em um deles, a jovem judia Shosanna Dreyfus (Mélanie Laurent) vê sua família ser exterminada no interior francês a mando de um coronel alemão. Já nos campos de batalha, o intrépido tenente americano Aldo Raine (Brad Pitt) montou um pequeno exército de compatriotas judeus e de alemães revoltosos com Hitler para torturar e eliminar soldados nazistas.

Aliados > Brad Pitt interpreta um oficial canadense numa missão em Casablanca, no Marrocos, em 1942. Lá, conhece sua parceira, a aliada francesa Marianne Beauséjour (Marion). Não dá outra: eles acabam se apaixonando.

Quer me seguir nas redes sociais? Anote!

Facebook: facebook.com/paginadoblogdomiguel
Twitter: @miguelbarbieri
Instagram: miguelbarbieri
YouTube: Miguel Barbieri Jr. 

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s