Clique e assine por apenas 6,90/mês
Blog do Miguel Por Miguel Barbieri Jr. Fique por dentro das melhores dicas de filmes e séries.

Netflix: 19 romances para rir, chorar e se apaixonar

Confira opções românticas em comédias e dramas

Por Miguel Barbieri - Atualizado em 13 mar 2020, 13h06 - Publicado em 8 jun 2017, 16h28

Assim como na vida real, as histórias de amor do cinema nem sempre terminam bem. Como dizia o poetinha Vinicius de Moraes, (o amor)… que seja infinito enquanto dure. Por isso, os desfechos dos romances que listei abaixo podem trazer uma pontinha de frustração, justamente por não ter um final, digamos, feliz.

Escolhi, claro, longas-metragens que, de uma certa maneira, a paixão está estampada na cara dos protagonistas.

La La Land – Em um dos mais encantadores musicais da história, um pianista de jazz (Ryan Gosling) conhece uma aspirante a atriz, interpretada por Emma Stone. A relação corre entre altos e baixos tendo várias referências a filmes emblemáticos.

Palmeiras na Neve – Na década de 50, dois irmãos saem da Espanha para trabalhar com o pai, funcionário numa plantação de cacau, na Guiné Espanhola, então colônia do país europeu. Enquanto Jacobo (Alain Hernández) é mulherengo, Killian (Mario Casas) se apaixona pela filha de um amigo.

Quem Você Levaria para uma Ilha Deserta? – Dois rapazes e uma moça dividiram um apartamento por anos. Como cada um vai seguir seu rumo, resolvem fazer uma espécie de jogo da verdade, que desemboca em consequências dramáticas.

Monsieur & Madame Adelman – O drama francês expões com realismo o relacionamento de 45 anos de um casal, entre altos e baixos, e sempre interpretado pela mesma dupla de atores.

Para Todos os Garotos que Já AmeiPonto para a diversidade com uma protagonista de origem coreana. Ela é Lara Jean (Lana Condor), que sempre teve uma quedinha pelo namorado de sua irmã mais velha. Na ausência dela, faz um trato com o bonitão Peter (Noah Centineo). Eles vão se passar por namorados para causar ciúme a seus amores verdadeiros.

Protagonista coreana é um diferencial do filme Para Todos os Garotos que Já Amei Divulgação/Veja SP

Megarrromântico – Na divertida comédia, Rebel Wilson (foto) interpreta uma arquiteta insegura, que é tratada como capacho num escritório de Nova York. Ao sofrer um acidente, tem sua vida virada do avesso. Um construtor imobiliário bonitão tenta conquistá-la enquanto seu cotidiano parece um mar de rosas como se ela estivesse num musical hollywoodiano.

Nossas Noites – Jane Fonda e Robert Redford se reencontram nesse romance da terceira idade sobre um dois viúvos que passam a noite na mesma casa e novos sentimentos os despertam.

Amar – No “quente” romance espanhol, um casal coloca seu amor à prova evidenciando a fragilidade da paixão.

O Date Perfeito – Noah Centineo manda bem como o humilde funcionário de uma lanchonete que, ao criar um aplicativo, passa a cobrar para acompanhar ou aconselhar mulheres de todas as idades. 

Holding the Man – Na Austrália da década de 70, dois rapazes vão enfrentar barreiras e preconceitos para viver um grande amor.

Continua após a publicidade

Carol – Nos anos 50, uma refinada senhora de meia-idade casada (Cate Blanchett) se apaixona por uma balconista.

Amor.com – O romance de uma blogueira com um nerd tem bons momentos de humor e é apaixonante. O casal é interpretado por Ísis Valverde e Gil Coelho.

Loev – No raro filme gay indiano, dois ex-namorados se reencontram para passar um fim de semana juntos. Jai mudou para Nova York e virou um empresário de sucesso enquanto Sahil ficou em Mumbai numa precária situação financeira.

Ana e Vitória – Além da carreira das cantoras, o filme aborda seus relacionamentos com homens e mulheres.

Encontro Marcado – Um jovem escritor tem sua vida virada do avesso ao se envolver com a esposa de um diplomata.

O Melhor de Mim
‘O Melhor de Mim’: o reencontro anos depois Divulgação/Veja SP

O Melhor de Mim – Uma água com açúcar, inspirada no livro de Nicholas Sparks, sobre o relacionamento de um casal de ex-namorados que se encontra após quase duas décadas.

Hoje Eu Quero Voltar Sozinho – Em um dos melhores filmes nacionais recentes, a paixão toma conta do coração de um adolescente cego, que ficou encantado por seu novo colega de escola.

Nunca Convide seu Ex – Justin Long estrela a comédia romântica no papel de um Adam, que tenta conquistar uma paixão da faculdade ao saber que ela vai casar.

A Proposta – Sandra Bullock interpreta uma executiva durona que, com medo de perder seu visto de permanência nos Estados Unidos, força seu assistente (Ryan Reynolds) a se casar com ela.

Quer me seguir nas redes sociais? Anote: 

Facebook: facebook.com/paginadoblogdomiguel
Twitter: @miguelbarbieri
Instagram: miguelbarbieri
YouTube: Miguel Barbieri Jr. 

 

 

Continua após a publicidade
Publicidade