Clique e assine por apenas 6,90/mês
Blog do Miguel Por Miguel Barbieri Jr. Fique por dentro das melhores dicas de filmes e séries.

Filme indicado ao Oscar erra ao colocar uma boneca no lugar de um bebê.

Indicado a seis prêmios no Oscar, Sniper Americano está dando o que falar. Além das críticas que o filme de Clint Eastwood tem recebido de artistas como o ator Seth Rogen e o documentarista Michael Moore, uma cena chamou a atenção por um “erro” de produção. Eu coloquei a sequência neste post, mas a Warner […]

Por Miguel Barbieri Jr. - Atualizado em 26 fev 2017, 19h17 - Publicado em 20 jan 2015, 16h47

Indicado a seis prêmios no Oscar, Sniper Americano está dando o que falar. Além das críticas que o filme de Clint Eastwood tem recebido de artistas como o ator Seth Rogen e o documentarista Michael Moore, uma cena chamou a atenção por um “erro” de produção. Eu coloquei a sequência neste post, mas a Warner tirou do ar do YouTube. Mas você pode ter uma noção pelas duas imagens abaixo e tirar suas próprias conclusões.

Nela, o astro Bradley Cooper pega um bebê do colo da mãe, segura-o em seus braços e o leva até o berço. É mais do que evidente que não se trata de uma criança de verdade e, sim, de uma boneca de plástico. O que se comenta na internet é o motivo que teria levado o grande diretor Clint Eastwood a esta escolha.

Quer ter informações diárias sobre cinema? Então venha curtir a página do meu blog no Facebook. E me siga no Twitter! 

American-Sniper-plastic-baby

Uns argumentam que ele poderia ter usado a computação gráfica e “criar” o bebê ou mesmo ter excluído o mesmo da cena. Do jeito que ficou, realmente, é uma falha – repare como Bradley Cooper até tenta encarar como um bebê de verdade, mas não convence.

Continua após a publicidade

bradleycooper

Sniper Americano, que estreia no Brasil dia 19 de fevereiro, concorre ao Oscar de melhor filme, ator (Cooper), roteiro adaptado, montagem, edição de som e mixagem de som.

Mais:

Confira o mais novo trailer do romance erótico Cinquenta Tons de Cinza

Vinte filmes do Oscar 2015 para ver no cinema ou em casa

Continua após a publicidade
Publicidade