9 dicas de filmes da Mostra Internacional de Cinema

Entre as mais de 300 atrações estão Parasita, vencedor da Palma de Ouro, no Festival de Cannes, e Synonyms, Urso de Ouro em Berlim

A Mostra Internacional de Cinema dá a largada à sua 43ª edição nesta quinta (17). São mais de 300 filmes, de mais de 50 países, para serem vistos em duas semanas. Muita coisa, né? Para te ajudar a escolher alguns títulos, fiz a pequena lista abaixo com nove atrações que, em geral, foram premiadas em festivais ou que são representantes de seus países no Oscar 2019. Mas há muito mais para ver. E não deixe de conferir as novidades e outras dicas no próprio site da Mostra em mostra.org.

PARASITA. Vencedor da Palma de Ouro no Festival de Cannes, o filme é o representante da Coreia do Sul no Oscar 2020. Numa saborosa combinação de humor, drama e crítica social, o diretor Bong Joon-ho mostra como uma família de classe baixa se infiltra na mansão de um rico casal. Eles se empregam por lá sem revelar que têm parentesco. Sexta (18), 21h10, Petra Belas Artes; sábado (19), 21h20, Cinearte; domingo (27), 21h15, Espaço Itaú Augusta.

O QUE ARDE. O drama espanhol levou o Prêmio do Júri da mostra Um Certo Olhar, do Festival de Cannes. Na trama, um homem é condenado por ter provocado um incêndio. Ao sair da prisão, e sem ninguém à sua espera, volta a morar com a mãe, nas montanhas da Galícia. Mas um novo foco de fogo vai atormentar o personagem. Sexta (25), 19h40, Frei Caneca 5; segunda (28), 14h, Cinearte 2; terça (29), 15h, CCSP; quarta (30), 18h15, Frei Caneca 4.

CAVALOS ROUBADOS. O diretor norueguês Hans Petter Moland (de O Cidadão do Ano) traz à tona a história do solitário Trond, na maturidade vivido por Stellan Skarsgard. Ao reencontrar um velho amigo, ele relembra um momento fatídico de 1948. Foi naquele ano que seu pai saiu de casa fugindo com a moça que Trond amava. Quinta (17), 21h30, Cinesala; segunda (21), 18h40, Cinearte; terça (22), 17h15, Frei Caneca 1; quarta (23), 16h20, Reserva Cultural; sábado (26), 17h20, Frei Caneca 3.

DENTE DE LEITE. Uma jovem com grave doença se apaixona por um traficante de drogas, para desespero de seus pais. A moça, porém, reencontra a vontade de viver e muda de hábitos e comportamento. Estreia da diretora australiana Shannon Murphy no longa-metragem, o filme foi exibido no Festival de Veneza, em setembro. Sexta (18), 14h, Frei Caneca 2; segunda (21), 16h20, Cinearte 1; terça (22), 19h40, Frei Caneca 1; sexta (25), 17h50, Cinesala; quarta (30), 20h15, CineSesc.

HONEYLAND. Além de levar o Grande Prêmio do Júri no Festival de Sundance, o documentário foi escolhido pela Macedônia para representar o país no Oscar 2020. Trata-se aqui de um enfoque sobre uma mulher que vive isolada numa vila cuidando de uma colônia de abelhas. Seu cotidiano será modificado com a chegada de uma família. Quinta (17), 18h10, Frei Caneca 2; sábado (19), 14h30, Cinearte 1; segunda (21), 17h45, Cinesala; quarta (23), 22h15, CineSesc; sábado (26), 20h15, Frei Caneca 1.

O PÁSSARO PINTADO. Baseado no livro homônimo, de Jerzy Kosinski, o roteiro enfoca a trajetória de um garoto judeu na II Guerra. Desprezado por camponeses, ele enfrenta a brutalidade do cotidiano e passa a ser testemunha da violência de soldados russos e alemães. O filme representa a República Checa no Oscar 2020. Domingo (20), 20h50, Cinearte; segunda (21), 18h40, Frei Caneca 2; quinta (24), 20h40, CineSesc; sábado (26), 18h20, Espaço Itaú Augusta 1; segunda (28), 13h30, Frei Caneca 1.

SYNONYMS. Grande vencedor do Festival de Berlim, levou o Urso de Ouro e o prêmio da crítica. Mostra a trajetória errante de um jovem de Israel que chega a Paris disposto a esquecer suas origens. Para isso, ele se livra da língua hebraica, na esperança de que a França o reconheça como cidadão e, assim, ele possa encontrar uma nova identidade. Sexta (25), 22h, CineSesc; sábado (26), 21h20, Frei Caneca 2; domingo (27), 19h15, Frei Caneca 3; segunda (28), 19h20, Frei Caneca 1; quinta (30), 16h45, Cinearte.

SYSTEM CRASHER. O drama já passou por mais de dez festivais e é a escolha da Alemanha para concorrer a uma vaga no Oscar de melhor filme internacional. A garota Benni não controla sua raiva. Aos 9 anos, é agressiva e foi expulsa de todas as escolas. Como ela não mora com a mãe, o serviço social contrata uma especialista para acompanhá-la. Quinta (17), 20h45, Cinemateca; sexta (18), 17h45, CineSesc; domingo (20), 17h30, Frei Caneca 3; quinta (24), 19h40, Espaço Itaú Augusta 1; sábado (26), 15h50, Reserva Cultural.

WASP NETWORK. Produzido pelo brasileiro Rodrigo Teixeira, o filme é uma adaptação do livro Os Últimos Soldados da Guerra Fria, de Fernando Morais. A história trata da fuga de um piloto cubano, que vai morar em Miami, deixando a esposa na ilha de Fidel Castro, em 1990. No elenco estão Wagner Moura, Edgar Ramírez, Gael García Bernal e Penélope Cruz. Sexta (18), 16h30, Cinearte 1; domingo (20), 21h15, Frei Caneca 1; e sábado (26), 21h15, CineSesc.

Que me seguir nas redes sociais? Anote:

Facebook: facebook.com/paginadoblogdomiguel
Twitter: @miguelbarbieri
Instagram: miguelbarbieri
YouTube: Miguel Barbieri Jr. 

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s