Clique e assine por apenas 5,90/mês
Blog do Miguel Por Miguel Barbieri Jr. Fique por dentro das melhores dicas de filmes e séries.

Amazon e Netflix são as mídias certas para promover Madonna e Thom Yorke?

Confira o que são 'World of Madame X', da cantora, e 'Anima', do líder do Radiohead, lançados com exclusividade nas plataformas digitais

Por Miguel Barbieri - Atualizado em 10 jul 2019, 18h19 - Publicado em 10 jul 2019, 18h17

Tanto a Nettflix quanto o Prime Video da Amazon estão com produtos exclusivos de cantores/compositores. A Amazon já havia produzido e lançado Guava Island, um média-metragem estrelado por Donald Glover (com seu alter ego Childish Gambino) e Rihanna. Ao menos, tinha uma história – rasa, mas tinha.

Os dois novos conteúdos das plataformas digitais são meros veículos de propaganda para seus artistas. Da Amazon, Madonna – World of Madame X traz apenas uma longa entrevista com a cantora, que explica os motivos das escolhas, faixa por faixa, de seu novo álbum. Dura apenas 23 minutos. Madonna revela a decisão de mudar para Portugal e dos ritmos que pegou “emprestado” para o novo disco, incluindo a morna, os sons caribenhos e o funk carioca (fala, inclusive, de Anitta). É um vídeo bem produzido, sem dúvida. Mas será que a plataforma do Prime Video é o melhor veículo? Acho que não.

Outro que me pareceu dispensável ser lançado na Netflix é Anima. Trata-se e um videoclipe de 15 minutos com música de Thom Yorke e estrelado pelo líder do Radiohead. A direção tem a grife de Paul Thomas Anderson (Trama Fantasma), veterano no meio musical que já havia conduzido outros clipes do Radiohead. É tudo muito lindo, com fotografia deslumbrante e coreografia incrível. Mas, novamente, repito: a Netflix é o veículo certo para isso?

Quer me seguir nas redes sociais? Anote!

Facebook: facebook.com/paginadoblogdomiguel
Twitter: @miguelbarbieri
Instagram: miguelbarbieri
YouTube: Miguel Barbieri Jr. 

 

 

 

Continua após a publicidade
Publicidade