Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês
Memória Por Blog Uma viagem no tempo às décadas passadas por meio de suas histórias, costumes e curiosidades.

Mais 10 brinquedos da nossa infância

Veja mais 10 brinquedos que todo mundo queria ter, mas que hoje, pouca gente se lembra

Por Roosevelt Garcia Atualizado em 26 mar 2017, 11h11 - Publicado em 26 mar 2017, 10h33

Lembrar os brinquedos da nossa infância nunca é demais. Já tivemos aqui uma lista com dez brinquedos inesquecíveis, agora temos mais alguns, cujas lembranças nos fazem querer voltar aos tempos de criança.

•    Tonka / Velotrol

Os velocípedes radicais da Trol chegaram arrebentando nos anos 70, quando a coisa mais próxima deles que existia eram aqueles velhos triciclos tico-ticos de metal. O próprio comercial de TV mostrava corridas e manobras arrojadas, como cavalo de pau.
•    Vertiplano

Um helicóptero ligado a uma haste, que a gente controlava por uma manopla. Hoje em dia parece simples, mas era bem legal tentar resgatar a cápsula espacial com o helicóptero, sem muita precisão, mas com muita diversão.
•    Brick Game

Os primeiros joguinhos tinham apenas o Tetris na memória, mas com o tempo se transformaram em uma central de entretenimento com quase 10000 jogos, todos pequenas variações do mesmo princípio. Eram uma mania nos anos 80 por serem simples e baratos.
•    Meu Primeiro Gradiente

Um gravador de fitas k7 portátil feito para crianças nos anos 80 e 90, com microfone, ótimo pra gurizada cantar suas músicas preferidas e gravar pra mostrar pros orgulhosos pais. Teve depois uns upgrades, com música digital, dois microfones e rádio FM, e mais recentemente virou uma linha de produtos, que inclui até tablet e câmera fotográfica, todos feitos especialmente para crianças.
•    Murphy

Continua após a publicidade

O gorilão fez um sucesso inesperado entre os pequenos nos anos 80 e 90, provavelmente graças ao seu grunhido engraçado quando apertávamos sua barriga. Ainda hoje é um dos bonecos mais procurados por colecionadores de brinquedos.

•    Espirotot

A gente criava desenhos incríveis com este brinquedo, que era um conjunto de réguas e gabaritos circulares. Quando o brinquedo apareceu, nos anos 70, até as professoras incentivavam os pais a comprarem o brinquedo para seus filhos.
•    Professor Corujinha

Era um joguinho eletrônico de matemática para crianças das primeiras séries. A gente colocava o resultado de uma operação simples, e se estivesse certo, aparecia a carinha feliz do professor Corujinha. Em compensação, se errasse…
•    Hering Rasti

Blocos para montar, no estilo Lego, mas com ênfase especial em veículos, e feitos de tal forma que os objetos montados ficassem bem sólidos. Os mais sofisticados vinham com motor, pra você por seu veículo pra rodar!
•   TCR

O TCR da Trol era a evolução das pistas de corrida. Ele se baseava numa tecnologia diferente, que permitia que os carrinhos mudassem de pista, o que era impossível com o tipo de tecnologia do Autorama da Estrela. Ele também foi lançado com variações interessantes, saindo do ambiente de corridas. A série “Auto Estrada” trazia até caminhões.
•    Bola Canguru

Era uma bola enorme, que a gente se sentava em cima e saía pulando! Quando o brinquedo apareceu por aqui nos anos 70, na mesma época do Vai-Vem e do Bate-Beg, era comum ver as crianças na rua pulando de uma lado pro outro com suas bolas. A mania sumiu rapidamente, mas ainda é possível encontrar o brinquedo fora do Brasil.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade