World Wine vende vinhos com até 50% de desconto. O que vale comprar?

Comparamos os preços da promoção, que segue até o fim do mês, com os valores das garrafas no exterior

“Em nosso aniversário, quem ganha o presente é você.” Este bordão típico cabe como uma luva na promoção de aniversário de uma das maiores importadoras do país, a World Wine.  A queima de estoque acontece até 31 de agosto (ou até o fim do estoque), em todas as lojas físicas, televendas e no site worldwine.com.br.

Dei uma olhada nos rótulos oferecidos (muitos nunca provei) e, com uma ajudinha do Google, comparei os preços promocionais com os preços no exterior. Normalmente, o fator multiplicador médio de um vinho na prateleira em seu país de origem até o varejo no Brasil é de 6,5 vezes (isso mesmo, a diferença é grande).

Em uma comparação, portanto, selecionei vinhos com diferenças menores que este 6,5. Listei abaixo alguns que me interessaram não apenas pelo preço,  mas também por sua qualidade. Veja a lista:

Maravedí Tempranillo-Syrah 2018 – de 72 por 36 reais
O novo preço está próximo ao preço médio no exterior (28 reais), e a origem do vinho, a região de La Macha, na Espanha, é de fato um celeiro de rótulos com boa relação qualidade X preço.

Andeluna Altitud Malbec 2015 – de 146 por 87,60 reais
O valor está bem próximo à média no exterior (81 reais), e a Bodega Andeluna tem histórico de elaborar bons vinhos.

Champagne Louis Blanc Brut – de 290 por 188,50 reais
Não conheço este champanhe, mas o preço é atrativo e vinhos desta região dificilmente decepcionam.

Quinta da Falorca Touriga Nacional 2011 – de 330 por 198 reais
À primeira vista, me parece a melhor compra desta queima, pois conheço o vinho: é excelente, de uma grande safra, de um grande produtor e com preço próximo ao preço médio no exterior (128 reais).

Gianni Gagliardo Barolo DOCG 2014 – de 478 por 310,70 reais 
O preço está justo, não muito maior ao preço médio no exterior (185 reais). A safra é razoável e o produtor, bom. E Barolo é Barolo, origem de prestígio que é um valor agregado.

Schiopetto Collio Sauvignon 2016 – de 261 por 169 reais
O valor está justo, não muito maior ao preço médio lá fora (82 reais). A região, a safra e o produtor são excelentes.

Château Chantalouette Pomerol 2011 – de 422 por 274 reais
O preço está justo, não muito maior ao preço médio no exterior (120 reais), e a região é das mais nobres de Bordeaux. Safra média/boa.

Espero que gostem das dicas!

 Valeu pela visita! Volte sempre e deixe seu comentário. Aproveite para curtir minha página no Facebook e minhas postagens no Instagram.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s