Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Vinho e Algo Mais Por Por Marcelo Copello Especialista na bebida, Marcelo Copello foi colunista de Veja Rio. Sua longa trajetória como escritor do tema inclui publicações como a extinta Gazeta Mercantil e livros, entre eles "Vinho e Algo Mais" e "Os Sabores do Douro e do Minho", pelo qual concorreu ao prêmio Jabuti

Rhône: conheça a segunda maior região vinícola francesa

Área no leste da França produz vinhos mais sofisticados e opções para o dia a dia

Por Marcelo Copello Atualizado em 28 Maio 2021, 00h33 - Publicado em 28 Maio 2021, 06h00

O Rhône é a segunda maior região francesa na produção de vinhos de qualidade (com denominação de origem AOC), atrás apenas de Bordeaux. Localizada no leste do país, entre as cidades de Lyon e Avignon, ao longo do Vale do Rio Ródano (Rhône), a área pode ser dividida entre norte e sul.

Enquanto o norte tem clima mais continental e frio, com predomínio da casta syrah, no sul o clima é mediterrâneo, mais quente, e dominado pela uva grenache, com syrah e mourvèdre como coadjuvantes.

A hierarquia dos vinhos começa com os Côtes du Rhône “genéricos”, depois com os Côtes du Rhône Village e sobe até os crus, que fazem a fama da região. São apenas dezenove crus (vinhedo delimitado e com reconhecida qualidade), oito ao norte, nove ao sul e mais dois de vinhos fortificados. No norte, temos Château-Grillet, Condrieu, Cornas, Côte-Rôtie, Hermitage, Crozes-Hermitage, Saint-Joseph e Saint- Péray. No sul, Beaumes-de-Venise, Cairanne, Châteauneuf-du-Pape, Gigondas, Lirac, Rasteau, Tavel, Vacqueyras e Vinsobres.

De fortificados, Muscat Beaumes-de-Venise e Rasteau. A região permite nada menos que 27 uvas nos vinhos. As principais, além das já citadas syrah, grenache e mourvèdre, são a carignan e a cinsault. De brancas, temos viognier, grenache blanc, marsanne e roussanne.

Joseph Pellerin Reserve AOC Côtes-du-Rhône > Um corte de mourvèdre, syrah e grenache, com breve amadurecimento em carvalho. Cor rubi entre clara e escura. Aroma frutado com notas de frutas negras, ameixas, amoras e pimenta. Corpo de leve para médio, acidez agradável, taninos macios e 14% de álcool. R$ 88,12. Compre aqui Wine.

Continua após a publicidade

Xavier Vignon Arcane XIX Le Soleil Côtes du Rhône-Villages AOP > Elaborado com grenache (predominante), mourvèdre e syrah. Parte dele ficou quinze meses em barricas de carvalho. Tem cor escura, aroma complexo, intenso nas frutas, flores, madeira, ameixa madura e terra molhada. Tem 15% de álcool. R$ 299,90. Compre aqui Evino.

Chateau La Nerthe Chateau-neuf-du-pape Blanc > Branco com 42% de grenache blanc, 41% de roussanne, 12% de clairette e 5% bourboulenc, passa dezesseis meses em barricas. Aromas de pêssego, pera, flores brancas e especiarias. Na boca, mostra textura macia, com camadas de sabor e boa complexidade. R$ 847,90. Compre aqui Amazon.

M. Chapoutier Saint-Joseph AOC > De 100% syrah, passa doze meses em tanques de concreto. Tem cor rubi escura e é bastante expressivo no nariz, com notas aromáticas como cereja, bosque, tabaco, pimenta, carne e lácteos. De médio corpo, tem 13% de álcool, taninos e acidez firmes. Estilo gastronômico. R$ 299,90. Compre aqui Evino.

Assine a Vejinha a partir de 8,90 mensais

Valeu pela visita! Volte sempre e deixe seu comentário. Aproveite para curtir minha página no Facebook e minhas postagens no Instagram.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade