Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês
Vinho e Algo Mais Por Por Marcelo Copello Especialista na bebida, Marcelo Copello foi colunista de Veja Rio. Sua longa trajetória como escritor do tema inclui publicações como a extinta Gazeta Mercantil e livros, entre eles "Vinho e Algo Mais" e "Os Sabores do Douro e do Minho", pelo qual concorreu ao prêmio Jabuti

Pessac-Léognan, uma das principais regiões de Bordeaux

Apelação de Origem Controlada traz vinhos com bons valores

Por Marcelo Copello Atualizado em 18 nov 2021, 20h25 - Publicado em 19 nov 2021, 06h00

Um pecado que às vezes se comete é tratar Bordeaux de forma genérica. A região é imensa, uma das maiores do mundo, com mais de 100 000 hectares de vinhedos e inúmeras subregiões, cada uma delas com particularidades. São cerca de 6 000 châteaux espalhados por 65 AOC – Apelação de Origem Controlada. Como redenção para a generalização, é Pessac-Léognan, uma das principais AOC de Bordeaux.

Essa jovem denominação, criada em 1987, nasceu como uma dissidência dos melhores châteaux da AOC Graves (de 1930), concentrados na área logo ao sul da cidade de Bordeaux. Embora recente, a AOC Pessac-Léognan engloba alguns dos vinhedos mais antigos da França, que remontam à era medieval.

O Haut-­Brion, maior ícone local, tem registros de sua primeira safra em 1525, data de 1306 o Château Pape Clément, fundado pelo Papa Clemente. Outros grandes da região são os châteaux La Mission Haut-Brion, Laville Haut-Brion, Carbonnieux, Fieuzal, Haut-Bailly, Olivier, Malartic-Lagravière e o Domaine de Chevalier.

Pessac-Léognan possui microclima temperado, com influências do oceano Atlântico, que modera a temperatura, e da floresta Landes, a oeste, que protege da umidade vinda do mar. Os solos são de cascalho, com pedras quebradas misturadas a argila, areia e giz.

As pedras absorvem o calor do dia e amenizam o frio da noite, intensificando o amadurecimento das uvas. Assim como em toda a margem esquerda de Bordeaux, a uva reinante é a cabernet sauvignon. Nessa área, entretanto, as proporções de outras castas, como merlot e cabernet franc, costumam ser maiores que no Médoc — região mais famosa de Bordeaux, localizada mais ao norte e mais próxima ao oceano.

Um diferencial de Pessac-Léognan e Graves são os vinhos brancos. Daqui saem os maiores de Bordeaux e do mundo. Essa é a única área da região que tem classificação de Grand Crus para vinhos brancos.

Continua após a publicidade

Os Grand Crus de Graves, são classificados desde 1953 por apenas dezesseis châteaux, em tintos, brancos ou ambos. Como estilo geral, podemos usar a palavra “potência” para definir os vinhos do Médoc, e “complexidade” para os Pessac-Léognan. Vale também colocar a região como um meio-termo entre a potência dos Médoc e os da margem direita, como Saint Émilion e Pomerol, com mais merlot, mais sedosos e elegantes.

Château Ferran Pessac-Léognan 2017
O corte tem cerca de 41% merlot, 21% cabernet sauvignon, 38% petit verdot, com doze meses em barricas. Cor rubi, com notas de frutas negras, tostados, chocolate, couro. Paladar de médio corpo, bons taninos. Ainda jovem, com potencial de guarda.
R$ 279,90. Compre aqui: evino.com.br.

Le Dauphin d’Olivier Pessac-Léognan AOC 2014 
O corte varia em torno de 50% de merlot e 50% de cabernet sauvignon, com doze meses em barricas de carvalho. Tem aroma de frutas vermelhas maduras, especiarias, alcaçuz, ervas secas, café. Paladar de bom corpo e textura macia. Pronto, mas com algum potencial de guarda. R$ 289,90. Compre aqui: evino.com.br.

Château Haut-Vigneau Pessac-Léognan AOC 2016
Elaborado com 60% de cabernet sauvignon e 40% de merlot, fica um ano em barricas francesas, 20% delas são novas. Notas de ameixas, framboesas, anis e especiarias, além de toques terrosos. Paladar de médio corpo, macio, 13,5% de álcool, pronto, fácil de beber. R$ 259,90. Compre aqui: evino.com.br.

Château Haut Lartigue Pessac-Léognan AOC 2015
Elaborado com 50% cabernet sauviognon e 50% merlot, com doze meses de amadurecimento. Cor vermelho rubi escura, aroma frutado, com frutas vermelhas bem maduras, especiarias, baunilha, leve floral. Paladar de bom corpo, textura macia, bons taninos, longo. R$ 299,00. Compre aqui: amazon.com.br.

Assine a Vejinha a partir de 12,90 mensais

Valeu pela visita! Volte sempre e deixe seu comentário. Aproveite para curtir minha página no Facebook e minhas postagens no Instagram.

Continua após a publicidade

Publicidade