Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês
Liquidação e Cia. Por Daniela Giorno A diretora de arte Daniela Giorno dá dicas de compras, promoções, achados e lojas.

Lush fecha lojas no Brasil e vende todos os produtos por metade do preço

Na publicação, marca informa que seu fechamento se deve ao "mercado difícil" do Brasil

Por Barbara Öberg Atualizado em 14 Maio 2018, 15h07 - Publicado em 14 Maio 2018, 14h16

Em nota publicada em suas redes sociais, a Lush, loja de cosméticos inglesa, anunciou que vai encerrar suas atividades a partir do dia 20 de junho no Brasil. Na publicação, a marca informa que seu fechamento se deve ao “mercado difícil” do Brasil. A empresa diz que apesar do crescente número de vendas, a alta carga tributária, a prolongada recessão econômica e a instabilidade política, tornaram impossível a continuidade do investimento da marca no país.

Não é a primeira vez que a marca fecha as portas no Brasil. Sua primeira empreitada por aqui, de 1999 a 2007, foi realizada por meio de franquias lideradas pela empresária paulistana Sandra Isper Rocha e seu sócio, o arquiteto Léo Shehtman. Em 2007, Sandra processou a Lush UK e o ex-sócio por quebra de contrato de exploração da marca no país. Depois de sete anos, a empresa reabriu a marca por aqui trazendo lojas próprias e abrindo uma fábrica.

Procurada pela reportagem de VEJA SÃO PAULO, a marca nega que o fechamento tenha qualquer envolvimento com o processo envolvendo a empresária Sandra Isper Rocha.

Atualmente a Lush opera em 49 países, com 932 lojas e 38 lojas virtuais. No Brasil, são cinco pontos de venda no total.

Até encerrar as suas atividades, todos os produtos das lojas e do site serão vendidos com 50% de desconto (exceto Charity Pot e acessórios) até o fechamento ou término do estoque. Confira a nota divulgada pela marca.

Continua após a publicidade
Publicidade