Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Liquidação e Cia. Por Daniela Giorno A diretora de arte Daniela Giorno dá dicas de compras, promoções, achados e lojas.

Blogueira Lelê Saddi lança guia com dicas de Paris

Fã da cidade luz, a blogueira Lelê Saddi, à frente do We Pick, lança nesta terça (31) o guia Paris pra Você (editora Pulp, 256 páginas), na Livraria Cultura do Shopping Iguatemi. São 3.500 exemplares, vendidos a R$ 45,00 cada um. + 10 passeios em São Paulo para se sentir em Paris Em tom intimista, como se conversasse com uma […]

Por Sophia Braun Atualizado em 26 fev 2017, 18h11 - Publicado em 30 mar 2015, 12h38
(Foto: Fernando Moraes)

Lelê Saddi: blogueira lança guia com dicas de Paris (Foto: Fernando Moraes)

Fã da cidade luz, a blogueira Lelê Saddi, à frente do We Pick, lança nesta terça (31) o guia Paris pra Você (editora Pulp, 256 páginas), na Livraria Cultura do Shopping Iguatemi. São 3.500 exemplares, vendidos a R$ 45,00 cada um.

+ 10 passeios em São Paulo para se sentir em Paris

Em tom intimista, como se conversasse com uma amiga, ela dá dicas de passeios, lojas, museus e restaurantes para curtir a capital francesa. “Ficou com a minha cara”, comemora. A convite de Lelê, nomes como Lethicia Bronstein, Mariah Bernardes e Sandro Barros também dividiram sugestões.

+ Aspirantes a blogueiras de moda iniciam curso universitário 

O livro, em formato “pocket”, é a compilação de experiências adquiridas em diversas viagens à terra da Torre Eiffel — ela chega a pegar o avião até quatro vezes por ano. Em 2009, passou dois meses morando na fascinante Île Saint-Louis, com vista para a Catedral de Notre-Dame, enquanto fazia um curso de língua francesa na Sorbonne. “É meu lugar preferido no mundo.”

Capa Paris Pra Você baixa

Embora Paris tenha um custo de vida altíssimo, Lelê garante que é possível montar um roteiro bacana dentro de um orçamento contido. “A cidade é descomplicada. Andar a pé pelas ruas já é um programa delicioso”, pondera.

+ Brechó virtual vende roupas e acessórios de grife

Como a cotação do euro não anda lá muito amigável, o blog Liquidação e Cia pediu para Lelê indicar passeios, lugares e quitutes que não pensam tanto no bolso do turista.

Continua após a publicidade

■ Ande bastaaante na rua: é um dos melhores programas para fazer em Paris. Só assim se conhece de verdade a cidade, sua arquitetura e particularidades.

■ Programe-se para conhecer um “quartier” por dia: você pode usar o metrô para chegar à região e depois explorar os museus, igrejas, lojas e restaurantes a pé.

■ Não deixe de conhecer: o Museu D’Orsay, onde há um rico acervo de obras impressionistas.

■ Se você for católico: vá à Capela Nossa Senhora da Medalha Milagrosa, no “7ème arrondissement”, e admire Paris do alto de Montmartre, na Basílica de Sacré-Cœur.

+ Cinco outlets para comprar roupas de grifes com desconto

■ Relaxe em um jardim: que pode ser o de Luxemburgo ou o das Tulherias. Antes, compre uma baguete, queijos e vinho (tudo muito gostoso e barato) e faça um piquenique na grama.

■ Dê um pulo na Shakespeare and Company: a livraria do “5ème arrondissement” foi cenário de filmes como Meia-Noite em Paris e Antes do Pôr-do-Sol.

■ Almoce em um clássico de Saint-Germain-des-Prés: são lugares como Brasserie Lipp, Café de Flore e Les Deux Magots.

■ Jante em clima badalado: no moderno restaurante do hotel Mama Shelter, no “20ème arrondissement”, a pizza custa até 16 euros.

■ Permita-se uma guloseima inesquecível: o chocolate quente do Angelina, se estiver frio, e os cremosos sorvetes do Amorino, para refrescar os dias de calor.

■ Hotel descolado e  acessível: a hospedagem costuma ser muito cara em Paris, principalmente nas regiões centrais. Quem abre mão de ficar no burburinho, paga a partir de 79 euros por uma diária no Mama Shelter, cujo projeto leva a assinatura do famoso designer Philippe Starck.

Gostou das dicas? Deixe um comentário abaixo e aproveite para curtir a página de VEJA SÃO PAULO Bom e Barato no Facebook.

Continua após a publicidade
Publicidade