No coração da Festa da Achiropita: confira os bastidores da cozinha que atrai multidões

A tradicional festa italiana Nossa Senhora Achiropita, que acontece no Bixiga há 89 anos, tem números que impressionam. Para manter as obras sociais da paróquia, cerca de 950 voluntários trabalham durante os cinco finais de semana do evento. Só na linha de produção das fogazzas, a comidinha mais cobiçada da festa, são 200 pessoas. + […]

A

A cozinha da principal festa do Bixiga (Foto: Vinicius Tamamoto)

A tradicional festa italiana Nossa Senhora Achiropita, que acontece no Bixiga há 89 anos, tem números que impressionam. Para manter as obras sociais da paróquia, cerca de 950 voluntários trabalham durante os cinco finais de semana do evento. Só na linha de produção das fogazzas, a comidinha mais cobiçada da festa, são 200 pessoas.

+ Três comidinhas bem diferentes para provar na Feirinha da Liberdade

Estima-se que a Festa da Achiropita consuma durante o mês mais de 3000 quilos de molho de tomate, 10000 litros de vinho, 11000 quilos de macarrão e 17000 quilos de farinha de trigo. Tudo isso para alimentar as 20000 pessoas que visitam a Rua Treze de Maio nas noites de festa.

Entramos no coração do evento – a cozinha – para mostrar os bastidores desta tradição ítalo-paulistana, que acontece nos finais de semana até o dia 30 de agosto. Nos sábados, a festa começa às 18h e vai até meia-noite.  Nos domingos, inicia às 17h30 e termina às 22h30.

+ Feirinha gastronômica do West Plaza tem preços salgados

As deliciosas fogazzas, prontinhas.

a

Quitute é um dos mais procurados da festa (Foto: Vinicius Tamamoto)

Fogazzas são preparadas artesanalmente.

a

O delicioso recheio de queijo e tomate (Foto: Vinicius Tamamoto)

É muita comida que precisa ser preparada com antecedência.

a

Produção é de escala industrial (Foto: Vinicius Tamamoto)

Outra iguaria da Achiropita: o pimentão recheado.

a

Opção imperdível para quem frequenta a festa (Foto: Vinicius Tamamoto)

Tomate é um dos principais ingredientes da culinária italiana.

a

Haja braço para picar tanto tomate (Foto: Vinicius Tamamoto)

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s