Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês
Barbara Demerov Filmes e Séries - Por Barbara Demerov

5 filmes da Mostra SP para assistir em casa

A plataforma Mostra Play apresenta dezenas de produções inéditas, incluindo destaques nos festivais de Berlim e Cannes

Por Barbara Demerov Atualizado em 27 out 2021, 16h47 - Publicado em 27 out 2021, 16h39

A 45ª Mostra Internacional de Cinema em São Paulo acontece até o dia 03 de novembro no formato híbrido, com sessões presenciais e on-line. A extensa programação traz filmes demais de 50 países e diversos títulos premiados em festivais internacionais.

Abaixo, confira algumas opções para conferir em casa diretamente na Mostra Play, plataforma do festival com aluguel a R$12,00. Acesse o site oficial do evento aqui.

LISTEN. Dirigido pela portuguesa Ana Rocha de Sousa, Listen venceu o prêmio de melhor longa de estreia e do Prêmio Especial do Júri da seção Horizontes no Festival de Veneza. Na trama, um casal de portugueses, pais de três filhos, luta para sobreviver em Londres. Um mal-entendido ocorre com sua filha surda na escola, e a partir daí os serviços sociais locais ficam preocupados com a segurança dessas crianças. O drama retrata a luta diária de pais imigrantes que querem manter a família unida.

18 1/2. A obra de ficção mescla suspense com comédia de forma divertida, mas a camada principal da trama aborda um assunto polêmico até os dias atuais: os 19 minutos de gravação das fitas de Richard Nixon que desapareceram no caso Watergate. Com John Magaro e Willa Fitzgerald.

AS BRUXAS DO ORIENTE. O documentário aborda a trajetória da seleção japonesa de vôlei feminino que, nos anos 50 e 60, praticamente dominou o esporte no mundo. Elas chegaram a vencer 258 partidas consecutivas, mas hoje, com seus 70 anos, contam no longa de Julien Faraut os detalhes de seus treinamentos exaustivos. A montagem e a trilha-sonora são pontos altos da produção.

AHED’S KNEE. Dirigido por Nadav Lapid (do ótimo Sinônimos, também exibido na Mostra em 2019), o longa apresenta Y, um cineasta israelense que chega a um vilarejo isolado onde irá apresentar seu novo filme. No local, encontra Yahalom, representante do Ministério da Cultura, e começa a lutar contra a censura em seu país.

JANE POR CHARLOTTE. Documentário dirigido pela atriz Charlotte Gainsbourg (Ninfomaníaca, Anticristo) sobre a própria mãe, Jane Birkin. O projeto foca em diálogos pessoais, memórias e desabafos, e atravessa o cinema para simplesmente apresentar a troca entre mãe e filha. Para os fãs de Charlotte, o filme é interessante no aspecto de conhecer um pouco mais a atriz para além de seus trabalhos.

Continua após a publicidade

Publicidade