Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês
Filmes e Séries - Por Barbara Demerov

Documentário apresenta retrato sem vaidade sobre a vida do ator Val Kilmer

Produção disponível no Amazon Prime Video possui diversas passagens com registros caseiros do astro, que fez sucesso em filmes como Top Gun e The Doors

Por Barbara Demerov Atualizado em 23 set 2021, 18h39 - Publicado em 3 set 2021, 06h00

Val, documentário autobiográfico sobre o artista Val Kilmer, está disponível no Amazon Prime Video e traz inúmeras reflexões desde a sua abertura. Kilmer, que já estrelou filmes como Top Gun, Batman: Eternamente e The Doors, parece ter se preparado a vida toda para montar uma obra dedicada inteiramente a seu respeito. Mas isso nunca soa pretensioso.

Os vídeos caseiros, filmados por ele mesmo, permeiam a narrativa do início ao fim e mostram não só o reflexo do homem no espelho como também seus filhos, sua ex-esposa e vários bastidores de filmagens. Por ser uma obra documental, é muito significativo perceber que o protagonista não esconde suas falhas e permite a abertura das cortinas de sua vida pessoal ao espectador.

+Estreias do Amazon Prime Video em setembro

E Kilmer se abre a quem estiver interessado — ora com sua voz natural, ora com a voz providenciada por inteligência artificial após seu câncer na garganta, descoberto em 2015. As imagens registradas acompanham a vida do ator em momentos diversificados: do auge da carreira ao início do casamento, assim como do declínio natural, os “nãos” recebidos e as consequências do câncer, que lhe tirou uma de suas características mais marcantes como ator.

A ótima montagem de Val destaca a não linearidade da vida de forma notável. Quando vemos um Kilmer debilitado em uma convenção de fãs, prestes a assinar centenas de autógrafos referentes a produções dos anos 80 e 90 que marcaram época, fica clara a desordem que deve se passar em sua cabeça. No entanto, a jornada agridoce compensa por entregar sensibilidade e verdade neste delicado cenário que é falar sobre si mesmo.

+Assine a Vejinha a partir de 8,90.

Publicado em VEJA São Paulo de 8 de setembro de 2021, edição nº 2754

  • Continua após a publicidade
    Publicidade