Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês
A Tal Felicidade Saúde, bem estar e alegria para os paulistanos

Lições positivas do confinamento

"A vida é sempre uma emergência", escreve o filósofo Alain de Botton

Por Alain de Botton Atualizado em 22 Maio 2020, 16h55 - Publicado em 15 Maio 2020, 06h00

Antes, estávamos mantendo uma fachada. Amo a nova vulnerabilidade, ter conversas com pessoas que se permitem ser simplesmente humanas.

Nós não temos que ser perfeitos. Sofremos tanto com um ideal de perfeição. Isso que está acontecendo está longe de ser perfeito. Esses não são dias perfeitos, mas ainda assim estamos o.k.

Malte Mueller/Getty Images/Divulgação

Encare a escuridão. Os filósofos estoicos na Grécia e Roma antiga não diziam que as coisas ruins não iriam acontecer. Olhe para as coisas ruins e veja que você pode sobreviver a elas. Somos mais fortes do que pensamos.

A sua biografia, o seu emprego não são quem você é. Estamos sendo forçados a nos ver em um contexto muito mais amplo. Se as coisas não estão indo bem para você agora, genuinamente não é sua culpa.

Assine a Vejinha a partir de 6,90

Vamos usar esta crise para sermos um pouco mais honestos sobre o que é ser humano. A vida é sempre uma emergência.

A vida é mais estranha do que nos permitimos admitir que ela seja.

Continua após a publicidade

Esta é a era da amizade, não do amor romântico. Estamos redescobrindo o amor que há entre amigos. Estamos separados uns dos outros, mas redescobrindo as palavras e a conexão. É bonito.

Estamos no meio de uma crise e, na maior parte do tempo, estamos até que lidando bem com ela. E mesmo quando não estamos, tudo bem em não estar tudo bem. Isso está nos fortalecendo.

Muitos de nós pensávamos: “Sou tão estranho, todas as outras pessoas estão tendo uma vida incrível, menos eu”. Agora acabou o medo de estar por fora durante a pandemia. não tem uma grande festa em outro lugar que estou perdendo. Somos todos frágeis, apenas tentando manter a compostura como podemos.

Assine a Vejinha a partir de 6,90

Alain de Botton é filósofo, escritor e fundador da The School of Life. Direto de sua casa, no Reino Unido, conversou com o apresentador James Corden sobre como abraçar as imperfeições, se conhecer mais e ter um olhar positivo na crise.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade