Vai encarar uma lipo? Confira cinco respostas para perguntas frequentes sobre a cirurgia

Volta e meia sai uma notícia que uma moça tãooooo jovem e tãoooo bonita foi fazer uma lipoaspiração e pá: morreu. É triste, sabemos. Até porque, muitas vezes, a intervenção tinha como objetivo fazer uma correção tão besta que nem se notava… e, de repente, terminou em tragédia. Bem, é justamente aí que mora o perigo. […]

lipo

Volta e meia sai uma notícia que uma moça tãooooo jovem e tãoooo bonita foi fazer uma lipoaspiração e pá: morreu. É triste, sabemos. Até porque, muitas vezes, a intervenção tinha como objetivo fazer uma correção tão besta que nem se notava… e, de repente, terminou em tragédia. Bem, é justamente aí que mora o perigo. Um procedimento simples demanda todos os cuidados e aparatos de uma cirurgia convencional. O que houve, nos últimos tempos, porém, foi uma banalização da lipo.

A “cirurgia” passou a ser realizada em consultórios médicos e, em boa parte das vezes que houve óbito, o profissional – apesar do diploma de médico – não era habilitado para fazer o procedimento. “Hoje existem no Brasil mais de 12 000 médicos sem especialização em cirurgia plástica que a realizam”, me contou o médico Luciano Chaves, presidente da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica. “É lamentável.” Nos últimos onze meses, segundo ele, foram seis óbitos: todas as cirurgias realizadas por médicos não especializados.

+ Coisas que toda mulher precisa saber sobre prótese de silicone nas mamas

Para dúvidas sobre o tema, conversei com Chaves e também com o cirurgião plástico Francisco Alionis Neto. O primeiro alerta que ambos fizeram foi recomendar que o paciente, antes mesmo de se submeter à consulta, precisa checar se o profissional faz parte da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica. Eles falaram ainda sobre outras questões comuns de quem deseja fazer um procedimento estético como esse. O Brasil, aliás, só perde para os Estados Unidos, campeão mundial de cirurgias do tipo. Aqui, são realizadas mais de 200 000 lipos  por ano – seja pra emagrecer, seja pra remodelar. Confira a seguir:

Que tipo de paciente pode ser submetido a uma lipoaspiração?

Como em qualquer procedimento cirúrgico eletivo, o paciente deve estar com a saúde em perfeitas condições, com exames pré-operatórios normais. Se apresentar alguma doença como diabetes ou pressão alta, estas devem estar controladas. Todas as alergias, vícios e hábitos precisam ser relatados ao seu médico.

É importante frisar que a lipoaspiração não é um procedimento emagrecedor e não funciona para pacientes que estão muito fora de seu peso ideal. A melhor indicação nestes casos é uma reeducação alimentar e, depois da perda de peso, um procedimento cirúrgico para retirar a gordura localizada restante e que nem sempre é eliminada com atividade física.

+ Qual modelo de vestido de noiva disfarça gordurinhas?

Depois de realizada a cirurgia, é possível que a gordura localizada volte para o local em que foi feita a lipo?

Sim, mesmo que mais lentamente e menos perceptível que nas outras regiões que não foram lipoaspiradas. Caso a pessoa ganhe muito peso, haverá acúmulo nas células que restaram nas regiões operadas e estímulo para produção de novos adipócitos (células gordurosas).

Existe um limite para retirada de gorduras?

Sim, o limite de gordura a ser tirado varia entre 5 % e 7% do peso corporal do paciente.

Quais os principais cuidados pós-operatórios na lipoaspiração?

Deve-se seguir à risca as orientações de seu médico, como utilização de medicamentos prescritos, uso de cintas modeladoras e realização de sessões de drenagem linfática. Alguns outros cuidados, como repousar, evitar sol e se hidratar também são de extrema importância na obtenção do melhor resultado.

Como manter os resultados no futuro depois da cirurgia?

Manter sempre a alimentação regular, com dietas pobres em gorduras e ricas em proteínas, vitaminas e minerais. Mostra-se também importante a manutenção da tonificação muscular da área operada com exercícios físicos. Atividades aeróbicas devem ser realizadas visando à manutenção do metabolismo elevado. Seguindo essas regras básicas, certamente os resultados da lipoaspiração serão ainda mais harmoniosos e duradouros.

Espero que tenhamos te ajudado. Claro que é preciso pesquisar bem antes de se submeter a qualquer tratamento estético.

Em tempo: se você quer me mandar uma sugestão, me escreva, chrismartinez@butiquedeletras.com.br.

Pra me seguir nas redes sociais: instagram @canseidesergorda_ e snapchat: chrismartinez4

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s