Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Vida Boa Por Bárbara Öberg A repórter Bárbara Öberg fala sobre bem estar, exercícios, saúde e novidades para melhorar a rotina.

Publicitária elimina 40 kg, vira triatleta e disputa o primeiro Ironman no domingo

No domingo, quando algumas de nós estarão acordando de ressaca, morta de arrependimento por ter mandado um WhatsApp pro ex e ainda ter traçado um dogão no fim da balada, Ana Paula Matos estará noutra pegada. Dependendo do horário, ela poderá estar nadando, pedalando ou correndo. Muuuuuitos quilômetros. E vou te contar: nem aí pro […]

Por VEJA SÃO PAULO Atualizado em 26 fev 2017, 16h26 - Publicado em 29 Maio 2015, 13h52
Ana Matos, antes de deixar para trás 40 quilos

Ana Matos, antes de deixar para trás 40 quilos

No domingo, quando algumas de nós estarão acordando de ressaca, morta de arrependimento por ter mandado um WhatsApp pro ex e ainda ter traçado um dogão no fim da balada, Ana Paula Matos estará noutra pegada. Dependendo do horário, ela poderá estar nadando, pedalando ou correndo. Muuuuuitos quilômetros. E vou te contar: nem aí pro ex. Ela vai fazer seu primeiro Ironman, onde o desafio é cruzar a linha de chegada, depois de nadar 3,8 km, pedalar 180 km e ainda correr uma maratona: 42 km e 195 metros. Uau, cansei só de escrever.

Quatro pessoas se exercitaram diariamente por três meses e o resultado é impressionante

Depois limar 40 quilos (pesava 102 quilos), ela se tornou triatleta e essa prova marca a sua estreia no Ironman. Aliás, onde a virada de sua vida começou, efetivamente. Ao assistir a prova, ela se inspirou e prometeu que um dia iria fazê-la. “Se eles conseguem, eu também consigo.” #Adoro.

anamatos2013

Ana, em 2013, experimentando o gosto pela prática esportiva

Um ano de treino pesado, e chegou a sua hora. É dureza. #SóParaOsFortes. “Ahhh, acho que vou levar uma 12 ou 13 horas”, me contou ela, ao telefone, lá de Florianópolis onde acontecerá a prova – maior da América Latina. A 15ª edição do Ironman promete reunir mais de 2 000 competidores de 36 países, e valerá 75 vagas para o mundial no Havaí, em outubro.

Estratégias de alimentação pré e pós-treino

Não gente, peraê. Ela nããããão está querendo subir no pódio não. #Verdade. Quem ganha um troço desse é gente de ferro mesmo! Ou quase isso. O vencedor da etapa do ano passado foi o catarinense Igor Amorelli – não por acaso, ela faz parte da equipe dele. Atletas como ele fazem o percurso em oito horas, ou algo assim. Ana Paula vai competir como atleta amadora, igualmente na raça e na garra. Ainda mais ela, que é uma ex-obesa, ex-fumante e quase workaholic (o trabalho a consumia horrores, ainda que ela não quisesse).

Apresentador Fernando Rocha perde 18 quilos e muda visual

Mulher entra na academia após gravidez, perde 50 quilos e se torna campeã de fisiculturismo

Como tudo começou? Em novembro de 2012, ela trocou de emprego, passou a ganhar menos e ter mais tempo. Foi nessa equação que ela se reencontrou na vida. Apostou em si: passou a valorizar hábitos mais saudáveis, inclusive fazendo a própria comida, entrou na academia, comprou bicicleta, e seguiu em frente. Perdeu 26 quilos, recaiu e engordou dez. Aí, ao ver o Ironman, se inspirou novamente. #GenteQuePersiste. Deu um basta. Acabou com um antigo relacionamento e começou a treinar pra valer, com o propósito de ser triatleta. E aí, sim, perdeu os 40 quilos.

Continua após a publicidade
Pronta para encarar o duríssimo Ironman

Pronta para encarar o duríssimo Ironman

Só que havia um problema: ela não sabia nadar. Então, suas primeiras provas eram os duathlons (que incluem as modalidades corrida e bicicleta). Mas ela não sossegou e, sim, aprendeu a nadar. Gente, a Ana Paula tem 29 anos, trabalha como nós (oito horas por dia num escritório, ok?) e também tem um monte de afazeres domésticos. Foi tudo pura, puríssima, força de vontade. Ela acorda as 4:30 da madruga pra treinar durante os dias de semana. E, aos sábados, quando sãos os treinos mais longos, fica oito horas dedicada a isso! Mudou radicalmente. “Sou outra pessoa.” #Bravo.

Ana esbanja boa forma

Ana esbanja boa forma

A sua saga será contada num documentário que a ESPN coloca no ar, dois meses depois da prova de domingo. Achei linda essa história e nos emocionamos juntas, durante a entrevista. Nunca nos vimos, não somos amigas, mas sabemos como é difícil mudar e manter. Boa prova, Ana!

Se você quiser seguir a Ana no Instagram, o endereço dela é @anamatostriatleta

Pra me seguir: @canseidesergorda_ ou no Faceebook: Cansei de Ser Gorda.

Se você quiser enviar uma sugestão, escreva pra mim. A dica do texto de hoje veio assim e eu amei. Meu email é: chrismartinez@butiquedeletras.com.br (mas não vai entupir a minha caixa de mensagens com maldades, porque eu sou do bem!).

Um beijo, até mais.

 

 

Continua após a publicidade
Publicidade