Conheça os tratamentos da moda para eliminar gordura localizada e flacidez

Ahhhhhh, quem não sonha em eliminar as gordurinhas localizadas, celulites e flacidez? Se for tudo no mesmo pacote melhor, né? Aliás, a gente podia dormir e acordar sem pneus #TipoMusa. Mas como isso não é possível #ainda, eu selecionei três tratamentos estéticos de última geração, sendo que dois já testei. O trio atende pelos nomes: […]

natalieglo

Ahhhhhh, quem não sonha em eliminar as gordurinhas localizadas, celulites e flacidez? Se for tudo no mesmo pacote melhor, né? Aliás, a gente podia dormir e acordar sem pneus #TipoMusa. Mas como isso não é possível #ainda, eu selecionei três tratamentos estéticos de última geração, sendo que dois já testei. O trio atende pelos nomes: vanquish, velashape e voluderm.

VANQUISH: Dos três, a novidade do momento – e queridinho da vez pra tirar a pancinha – é o vanquish. E eu já dediquei um post pra falar sobre isso aqui no blog. Por que? Ah, porque é uma mini (eu disse m-i-n-i) lipo de mentira, sem cirurgia e sem dor. É uma espécie de “forninho” que você entra em fica deitada durante 45 minutos (são três ciclos de 15’).

Por que o álcool detona a dieta? Não, não é só porque bebida engorda

O método utiliza o que há de mais avançado na tecnologia de radiofrequência, queima gordura localizada sem incisão alguma no corpo e sem queimar a pele, obviamente. A sua aplicação pode eliminar entre 20% a 40% de gordura abdominal em até um mês. O aparelho aquece as células adiposas até uma temperatura de 45°C, mas o tecido no entorno permanece a uma temperatura de 40-41°C. Fiz com a médica dermatologista Alessandra Fraga, do Hospital Albert Einstein – uma das precursoras no Brasil na aquisição no aparelho Vanquish, fabricado pela BTL Aesthetics. Depois de quarto sessões, perdi cinco centímetros de gordura na região abdominal. Já disse isso: eu queria morar no forninho. Percebi que a redução se deu efetivamente na cintura.

 

can

Aplicação do aparelho sobre a região abdominal (Reprodução)

can1

can2

can3

Velashape: agora nós vamos falar de celulite. Pelo amorrrrr, as estatíticas comprovam que 95% das mulheres do planeta apresentam algum grau de celulite ao longo da vida . E, claaaaaro, que a grande maioria se sente frustrada com tentativas de eliminá-las sem sucesso. Afinal, qual a origem da celulite ? E, do ponto de vista científico, o que realmente funciona?

Os malditos furinhos que temos, em especial na região dos glúteos, tem o o nome científico de lipodistrofia ginóide. E surgem no nosso corpo por diferentes razões. Alguns deles: hereditariedade, alguns hormônios – como estrógeno, prolactina e insulin – e distúrbios circulatórios locais. Esses fatores geram um processo inflamatório nas células de gordura localizadas na camada mais profunda da pele, a hipoderme. A inflamação, por sua vez, acarreta a formação de traves fibrosas, endurecidas que tracionam a pele da superfície para a profundidade. Assim, aquele aspecto ondulado (odiável, diga-se) se forma, como resultado da interposição de células de gordura inflamadas, inchadas e das tais traves fibróticas .

Celulite: bolsas de gordura inflamadas, traves fibróticas e pele com pouco colágeno. Foto: reprodução.

Para efeito de classificação, a celulite pode ser dividida em graus:

Grau I: as depressões são só percebidas quando a pele é comprimida.

Grau II: as depressões aparecem sem compressão

GrauIII: existem nódulos bastante perceptíveis e de consistência endurecida, às vezes, até dolorosos. E agora: como tartar?

Mulher perde 29 quilos, depois que a calça 48 não passou do joelho

Há diversos tratamentos e todos, claro, dependem de uma alimentação saudável. E um dos que eu achei mais eficaz foi o Velashape, um aparelho que usa tecnologia de radiofrequência associada a infravermelho. Foi o primeiro aparelho usado no combate à cellulite aprovado pelo FDA – órgão máximo regulatório de medicamentos e tratamentos dos EUA. E como funciona? Na prática parece um aspirador de pó, que é passado sobre as coxas e glúteos, inclusive com movimentos de sucção. Não doi. Mas também não é massagem. Fiz quarto sessões e a pele ficou mais firme e os furinhos mais tênues. Não desapareceram por completo. Até porque, são anos cultivando essas buraquinhos.

VOLUDERM: aqui é aquele momento que você emagreceu, se cuidou e aquela coisa toda e, pá, tudo despencou. Gente, é triste, mas é a pura verdade: quando se perde bastante peso, a pele sente. É inevitável. O que fazer? Bem, eu não fiz nada até agora. Até porque minha pele é bem compacta. O mais moderno é o voluderm. É uma nova tecnologia que vem mostrando excelentes resultados para rejuvenescimento, tratamento de estrias e cicatrizes, clareamento da pele e recuperação capilar.

Explico: o equipamento tem uma ponteira composta por 36 microagulhas que injetam na pele uma energia híbrida composta por radiofrequência e corrente galvânica. Essa energia promove grande estímulo para produção de ácido hialurônico do próprio paciente, além de retrair as fibras de colágeno antigas. “Só isso já seria suficiente mas esse tratamento traz uma vantagem a mais – como as tais 36 microagulhas provocam “microfuros” na pele criando “canais” até a derme”, diz a dermatologista.  “Podemos utilizá-los para a aplicação de princípios ativos individualizados segundo a necessidade de cada paciente, uma técnica chamada de drug delivery”, completa.

Cafezinho com óleo de coco emagrece?

O “drug delivery”, como o nome sugere, nada mais é que entregarmos o remédio que a pele precisa no “endereço certo”. O “endereço certo” é a derme, onde estão as células produtoras de colágeno, o fibroblasto, e onde pode estar, por exemplo, o pigmento causador de uma mancha ou o folículo piloso que queremos recuperar.

Uma combinação particularmente muito eficaz é a associação de células tronco de blue lótus (aquela que os faraós usavam há 5.000 anos no elixir da juventude e hoje sabemos que inibe degradação de colágeno) com fatores de crescimento epidérmico. De fato um “blend” muito rejuvenescedor.

Em resumo, as indicações do Voluderm são: preenchimento de linhas finas, recuperação de estrias, firmeza para o rosto, pescoço, colo e mãos, tratamento de cicatrizes, clareamento e recuperação capilar. São realizadas 4 sessões com intervalo de 15 dias entre elas. E pode ser aplicado em qualquer tipo de pele, em qualquer época do ano ou idade. #NãoPossoMaisViverSem (estou brincando, gente). Mas deve ser bacana o efeito na pele.

Em tempo: pra seguir da Dr.Alessanda Fraga, acesse @dralaessandrafraga

Pra me seguir @canseidesergorda_ e pra me mandar sugestões de pauta ou contar sua história vencedora, escreva: chrismartinez@butiquedeletras.com.br Costumamos publicar as histórias dos nossos leitores às segundas-feiras.

Um beijo, até mais

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s