Clique e assine por apenas 5,90/mês
Vida Boa Por Bárbara Öberg A repórter Bárbara Öberg fala sobre bem estar, exercícios, saúde e novidades para melhorar a rotina.

Como vencer a batalha para sair da cama e encarar o suplício da academia

    São 6h da manhã, eu aqui escrevendo esse post e você aí resmungando de falta de tempo pra fazer uma atividade física. Afinal, você já se matriculou na academia 789 vezes, inclusive pagando aquele plano anual mais em conta pra quem, de fato, faz as aulas. Todo mundo tem ótimos argumentos e as […]

Por VEJA SÃO PAULO - Atualizado em 26 fev 2017, 19h17 - Publicado em 20 jan 2015, 15h45

 

Todo mundo tem uma boa desculpa para desligar o despertador e deixar o exercício para o dia seguinte

Todo mundo tem uma boa desculpa para desligar o despertador e deixar o exercício para o dia seguinte

 

São 6h da manhã, eu aqui escrevendo esse post e você aí resmungando de falta de tempo pra fazer uma atividade física. Afinal, você já se matriculou na academia 789 vezes, inclusive pagando aquele plano anual mais em conta pra quem, de fato, faz as aulas. Todo mundo tem ótimos argumentos e as melhores desculpas para não fazer nada. Ou é casada, tem filho, trabalha e, incluir a academia nesse ritmo, seria como encarar um terceiro turno. Ou é executivo que praticamente mora dentro do avião ou no escritório. Ou ainda tá duro, sem grana pra gastar com isso. É, é verdade. É difícil mesmo, até pra mim que trabalho (sou jornalista), tenho um filho pequeno (levo e busco na escola), faço supermercado, tenho um marido executivo, dois cachorros idosos, e, ainda, não tenho empregada todos os dias.

Máximo Ravenna, guru argentino do emagrecimento, faz sucesso na cidade

Mas treino seis vezes por semana – faça chuva, faça sol. Como? Eu durmo menos. Comecei duas vezes por semana e treinava às 20h30, depois do trabalho, e chegava em casa depois das 22h. Dureza. No inverno, pior. Com o tempo, fui aumentando o ritmo. Não, eu não me apaixonei por essa vida de academia. E acho que vou morrer sem gostar. Cada treino é um suplício e levantar da cama, um horror. Só que há um porém: esse troço que falam que treinar libera endorfina e, mesmo morta de cansada, você se sente melhor, é a maior verdade que já ouvi na vida, ever! A endorfina é o tal do hormônio do bem-estar, liberado quando a gente faz exercício. Bingo.

Como queremos todas ser princesas, testei a dieta da Kate

Costumo dizer que treino #PraNãoMatarMeuSemelhante. Porque, realmente, depois que a gente acaba o exercício dá aquela sensação de bem-estar. Faz um bem danado, melhora o humor e faz a gente dormir melhor.

E aí que eu escrevi várias linhas, gastei dedo no teclado, e ainda não te convenci a se mexer…. Vamos ver por um outro ponto de vista. Não é possível, criatura, que você não consiga dedicar trinta minutos só para você. Uma chance: o personal trainer, César Rossi, que é meu camarada e trabalha na assessoria esportiva 4Any1, montou um treino para que qualquer pessoa possa começar e fazer em qualquer lugar. Leva meia hora. Espia:

Treino para fazer em qualquer lugar em  menos de 30 minutos.    “Para qualquer nível”

Aquecimento

Intercalar os dois exercícios sem descanso até terminar.

Corrida no lugar

highknees

 

4 x  30 seg

–  10 avanços

avanco

( dar um passo a frente flexionando a perna de trás em direção ao chão, fazer uma perna por vez variando.  5 movimentos com cada perna.)

Após terminar o aquecimento, descansar por 1 minuto.

Faremos 3 combinações  com dois exercícios intercalados e uma série de polichinelos entre as combinações.

1ª COMBINAÇÃO (fazer os dois exercícios seguidos com descanso de 10 segundos entre eles.  Repetir  4 vezes.)

Prancha ventral

plank

Continua após a publicidade

4 x 20 seg   ( ficar 20 segundos parado na posição de prancha. Manter o corpo estendido e contrair o abdômen)

Agachamento

agachamento

4 x  20 seg (fazer repetições por 20 segundos)

Descanso de 10 segundos

Polichinelos 

polichinelo

3 x  15 (Realizar três séries de 15 polichinelos com 30 seg de descanso entre as séries)

Descanso de 30 segundos

2ª COMBINAÇÃO

Elevação de  quadril

elevacaoquadril

4 x  20 segundos (fazer repetições durante 20 segundos)

flexão de braço (com os joelhos no chão, irá realizar flexões de braços durante 20 segundos)

flexao

Descanso de 10 segundos

3 x  15 polichinelos (Realizar três séries de 15 polichinelos com 30 seg de descanso entre as séries)

Descanso de 30 segundos

3ª COMBINAÇÃO

Panturrilha em pé

panturrilha2

4 x 20 segundos (com as mãos levemente apoiadas na parede, deverá ficar na ponta dos pés e voltar. O corpo deve ficar ereto durante todo o exercício. Repetir durante 20 segundos)

Tríceps no banco com a perna flexionada 

triceps

4  x 20 segundos (com as mãos apoiada em um banco, iremos realizar a flexão de cotovelo projetando o corpo em direção ao chão e voltar. Repetir durante 20 segundos)

Continua após a publicidade
Publicidade