Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Vida Boa Por Bárbara Öberg A repórter Bárbara Öberg fala sobre bem estar, exercícios, saúde e novidades para melhorar a rotina.

Como se preparar para fazer o Caminho de Santiago

Aqui neste blog a gente também conta histórias de sucesso, de gente como a gente, que adora um vinho e boas gargalhadas, mas que batalha duro pra ter uma vida saudável. Desta vez, quem traz as novidades é a jornalista Luiza Pastor. Amiga de redação em outros tempos e boa no tilintar de copos, Luiza […]

Por Thais Reis Oliveira Atualizado em 26 fev 2017, 16h21 - Publicado em 4 jun 2015, 14h25
O famoso percurso, na Espalha

O famoso percurso na Espanha

Aqui neste blog a gente também conta histórias de sucesso, de gente como a gente, que adora um vinho e boas gargalhadas, mas que batalha duro pra ter uma vida saudável. Desta vez, quem traz as novidades é a jornalista Luiza Pastor. Amiga de redação em outros tempos e boa no tilintar de copos, Luiza decidiu, um dia, emagrecer. Sem noia de usar biquíni em Maresias, perdeu 20 quilos, com dieta e corrida.

Depois de cruzar a linha de chegada na São Silvestre, ano passado, ela enfiou na caixola que ia fazer outra coisa. A seguir, ela conta um pouquinho de como está se preparando pra percorrer o Caminho de Santiago de Compostela em julho, quando completará 59 anos:

compostela-1

Luisa faz os treinos no Centrão de São Paulo, com a mochila nas costas, é claro

 

“Você é doida!” Desde que estabeleci como meta para este ano percorrer o Caminho de Santiago, ouço essa frase todos os dias. Não é um passeio, exige planejamento e algum condicionamento físico, mas não pode ser insano fazer algo que milhões de pessoas de todos os países, idades e perfis fazem desde o século IX.

A primeira coisa que todo peregrino neófito faz é se entupir de informação, caçando sites, guias, livros e filmes sobre o caminho. Se levar tudo o que vê e ouve ao pé da letra, a pessoa volta pra cama e nunca mais toca no assunto.

Continua após a publicidade

Depois de escolher a rota que me levará até Santiago de Compostela, criei um programa de treino voltado não mais para corrida, como fiz nos últimos anos, mas para andar muito com peso nas costas. Esqueça tablet, maquiagem, condicionador e aquele pretinho básico para eventual programa noturno: cada grama que entra na mochila tem de ser absolutamente indispensável. A bolsa não deve conter mais que 10% do peso de quem a leva. Depois de caminhar 20 a 30km por dia não sobra mesmo muito ânimo para balada. O pretinho fica em casa e não se fala mais nisso.

Nos últimos dois meses, tenho andado muito, para todo lugar e a qualquer hora. Aproveito toda oportunidade para bater perna, com chuva ou sol. Vou a quase todo lugar a pé, com as botas e a mochila, e já troquei muito sapato antes de entrar em reunião de trabalho. Nas últimas semanas, tenho feito mais de 11 quilômetros diários, em média, gastando entre 550 e 700 calorias. A vantagem é que dá para tomar uma segunda taça de vinho sem ter medo de engordar. Mais um milagre de Santiago!

LISTA DE BAGAGEM PARA O CAMINHO DE SANTIAGO

  • Mochila que se adeque ao corpo (35 litros para mulheres, 45 para homens)
  • Lanterna de mão ou de cabeça pequena e pilhas extras
  • Água (melhor duas garrafas de meio litro, para distribuir o peso)
  • Bota ou tênis de caminhada impermeável e já amaciado
  • Papete ou chinelo (porque ninguém aguenta a bota dia e noite e para ir ao banheiro é bom ir calçado)
  • Casaco tipo Pile ou Fleece
  • Poncho impermeável

E mais duas mudas de roupas além das do corpo, contendo:

  1. Calças-bermuda
  2. Camisetas de manga curta (dry fit)
  3. Camisetas de manga longa (dry fit)
  4. Par de luvas de fleece (para inverno)
  5. Pares de meias de lã (para inverno)
  6. Pares de meias de fibra (coolmax)
  7. Boné legionário
  8. Calcinhas ou cuecas de material sintético (é mais leve e seca mais rápido)
  9. Tops com alças largas para mulher
  • Óculos escuros com filtro 100% UV
  • Toalha de banho super absorvente
  • Repelente
  • Saco de dormir
  • Money belt impermeável
  • Bastão de caminhada
  • Cadeado
  • Medicamentos de uso constante (levar receitas para medicamentos que são levados daqui ou podem ter de ser comprados no caminho)
  • Curativos especiais para bolhas
  • Filtro solar para rosto e lábios
  • Produto para prevenção de bolhas (hidropore, vaselina etc)
  • Material de higiene pessoal (xampu neutro pode servir para o corpo todo e ainda lavar as roupas, desodorante, creme, escova e fio dental)
  • Papel higiênico
  • Canivete
  • Isqueiro
  • Celular, carregador
  • Bloco e caneta
  • Guia do Caminho (há várias rotas)
  • Credencial do Peregrino (pode ser obtida no primeiro alojamento credenciado)
  • Uma pedra (leve, pelamor!) para deixar aos pés do Cruzeiro no ponto mais alto do Caminho, como símbolo do que deixou para trás para conquistar a jornada.

Em tempo, apenas pra constar: esse é o relato da Luisa. Ela não está usando preparador físico, e sim, se municiando de seu conhecimento. Está com a saúde plena e bem disposta. Se você se animar pra fazer algo semelhante, por favor, consulte um médico e confira se está tudo OK com a sua saúde.

Um beijo, até mais.

 

Continua após a publicidade
Publicidade