Turistas usam “pau de selfie” para se divertir no mar e amenizar o calor

No Rio de Janeiro, a atriz Cristiana Oliveira aproveitou um dia ensolarado para tirar selfies no mar com a filha e as amigas. No litoral paulista, turistas protagonizam situação semelhante, aproveitando para registrar uma imagem diferente e descontraída e, também, para amenizar o forte calor dos últimos dias. + Ambulantes vendem “pau de selfie” na […]

Guilherme Henrique usa o equipamento da noiva para fotografar os familiares (Foto: Fábio Lemos Lopes)

Guilherme Henrique usa o equipamento da noiva para fotografar familiares e amigos (Foto: Fábio Lemos Lopes)

No Rio de Janeiro, a atriz Cristiana Oliveira aproveitou um dia ensolarado para tirar selfies no mar com a filha e as amigas. No litoral paulista, turistas protagonizam situação semelhante, aproveitando para registrar uma imagem diferente e descontraída e, também, para amenizar o forte calor dos últimos dias.

+ Ambulantes vendem “pau de selfie” na Riviera por 80 reais

À beira-mar, muitos banhistas desfilam com o já conhecido “pau de selfie”. Entretanto, poucos investiram tanto quando a empresária Daniela Mota, de 25 anos. Para registrar a viagem para Ilhabela com quinze familiares de Uberlândia (MG), ela adquiriu uma câmera GoPro, capaz de fotografar até embaixo d’água, e um bastão da mesma marca próprio para prender o equipamento.

+ Preço de “pau de selfie” varia até 210%

“Gastei 1 800 no total. Estou satisfeita com o resultado. Já tinha um pau de selfie convencional. Neste, paguei 200 reais, mas é melhor”, explica. Com o noivo Guilherme Henrique, de 29 anos, e os familiares, ela utilizava o aparato para fotografar o grupo na praia do Curral. “É divertido e as fotos ficam ótimas. Aproveitamos também curtir o mar e espantar o calor”, diz Henrique.

+ Os empreendedores do litoral que faturam bem na alta temporada

Quem ainda não comprou o equipamento, encontra facilmente o extensor mais simples com ambulantes que circulam pelas areias do litoral paulista. Na Riviera de São Lourenço, por exemplo, o pau de selfie é vendido por 80 reais na praia.  Em centros de comércio popular na capital, o preço do equipamento varia até 210%.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s