Clique e assine por apenas 6,90/mês
Na Plateia Por Dirceu Alves Jr. Tudo sobre teatro

“Van Gogh por Gauguin” recria relação tumultuada entre os pintores

Alex Morenno e Augusto Zacchi protagonizam a peça de Thelma Guedes que ganha direção de Roberto Lage

Por Dirceu Alves Jr. - 12 Mar 2019, 16h56

O holandês Vincent Van Gogh (1853-1890) e o francês Paul Gauguin (1948-1903) conviveram na cidade francesa de Arles entre outubro a dezembro de 1888. Os dois, que mais tarde se tornariam nomes fundamentais das artes plásticas, tiveram um encontro tumultuado, uma relação que não ficou bem resolvida para nenhum deles. Esse episódio inspirou a dramaturga Thelma Guedes (uma das autoras das novelas Cordel Encantado e Órfãos da Terra) para escrever Van Gogh por Gauguin, peça que ganha direção de Roberto Lage e estreia em 15 de abril na Sala Paschoal Carlos Magno, do Teatro Sérgio Cardoso.

Os atores Alex Morenno e Augusto Zacchi interpretam respectivamente Van Gogh e Gauguin. O texto cria uma ficção em torno da crise de consciência que tomou conta do artista francês quando ele já vivia no Taiti em 1891, onde produziu intensamente e,  abatido por uma sífilis não diagnosticada, se viu isolado por todos que o conheciam. Gauguin se sente culpado pela depressão que levou Van Gogh a uma tentativa de suicídio em 1890. O holandês se deu um tiro no peito e morreu dois dias depois em consequência dos ferimentos. A temporada será aos sábados, às 18h30; domingos, às 19h, e segundas, às 20h, até 3 de junho, com ingressos a R$ 50,00.

Publicidade