Dirceu Alves Jr.

Na Plateia

Tudo sobre teatro

Prêmio Shell de Teatro divulga indicados do segundo semestre de 2016 em São Paulo

Foram divulgados nesta terça (13) os finalistas referentes ao segundo semestre da 29ª edição do Prêmio Shell de São Paulo.  O troféu mais cobiçado do teatro paulistano vai ser entregue em março de 2017. Os nomes em negrito foram os anunciados em relação aos meses de agosto a dezembro e completam a lista do primeiro semestre. O ator […]

Juliana Galdino em "Leite Derramado": indicação ao prêmio de melhor atriz (Foto: Edson Kumasaka)

Juliana Galdino em “Leite Derramado”: indicação ao prêmio de melhor atriz (Foto: Edson Kumasaka)

Foram divulgados nesta terça (13) os finalistas referentes ao segundo semestre da 29ª edição do Prêmio Shell de São Paulo. 

O troféu mais cobiçado do teatro paulistano vai ser entregue em março de 2017. Os nomes em negrito foram os anunciados em relação aos meses de agosto a dezembro e completam a lista do primeiro semestre.

O ator Antonio Fagundes será o homenageado dessa edição.

Autor:

Leonardo Cortez, por “Sala dos Professores”

Rudinei Borges, por “Dezuó, Breviário das Águas”

Diego Fortes, por “O Grande Sucesso”

Vinicius Calderoni, por “Os Arqueólogos”

Direção:

Felipe Hirsh, por “A Tragédia Latino-Americana”

Marco Antônio Pâmio, por “Playground”

Kiko Marques, por “Sínthia”

Roberto Alvim, por “Leite Derramado”

Ator:

Mateus Monteiro, por “Playground”

Pedro Vieira, por “Eu Tenho Tudo”

Fulvio Stefanini, por “O Pai”

Paulo Szot, por “My Fair Lady”

Virgínia Buckowski e Denise Weinberg em "Sínthia": indicações para melhor texto e atriz (Foto: lenise Pinheiro)

Virgínia Buckowski e Denise Weinberg em “Sínthia”: indicações para diretor e atriz (Foto: Lenise Pinheiro)

Atriz:

Miriam Mehler, por “Fora do Mundo”

Regiane Alves, por “Para Tão Longo Amor”

Denise Weinberg, por “Sínthia”

Juliana Galdino, por “Leite Derramado”

Cenário:

Daniela Thomas e Felipe Tassara, por “A Tragédia Latino-Americana”

Telumi Hellen, por “Dezuó, Breviário das Águas”

Beto Mainieri, por “A Melancolia de Pandora”

Coletivo Bijari, por “Adeus, Palhaços Mortos”

Figurino:

Gabriel Villela, por “Rainhas do Orinoco”

Márcio Medina, por “Cabras – Cabeças que Voam, Cabeças que Rolam”

Bia Piaretti e Carol Reissman, por “Cabaré Fucô”

Karen Brusttolin, por “O Grande Sucesso”

Iluminação:

Aline Santine, por “Cabras – Cabeças que Voam, Cabeças que Rolam”

Caetano Vilela, por “As Benevolentes”

Domingos Quintiliano, por “Leite Derramado”

Miló Martins, por “Um Berço de Pedra”

Música:

Arthur de Faria, por “A Tragédia Latino-Americana”

Dr. Morris, por “Cabras – Cabeças que Voam, Cabeças que Rolam”

Gilson Fukoshima, por “O Grande Sucesso”

Miguel Briamonte, por “Forever Young”

Inovação:

Centro Cultural São Paulo: estímulo à experimentação de novas formas cênicas, dramatúrgicas e de produção por meio do projeto “Mostra de Dramaturgia em Pequenos Formatos Cênicos”.

SP Escola de Teatro Centro de Formação das Artes do Palco: pela formação de profissionais na área técnica e artística sob uma política pedagógica contemporânea.

Grupo Parlapatões: pela contínua atividade e manutenção de espetáculos em repertório em seu espaço, privilegiando a variedade de linguagens artísticas.

Quer saber mais sobre teatro? Clique aqui.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s