Clique e assine por apenas 5,90/mês
Na Plateia Tudo sobre teatro

Prêmio Shell de Teatro divulga indicados do segundo semestre de 2015 em São Paulo

Foram divulgados nesta terça (15) os finalistas referentes ao segundo semestre da 28ª edição do Prêmio Shell de São Paulo. “O Camareiro” é o campeão de indicações, concorrendo em seis categorias.  O troféu mais cobiçado do teatro paulistano vai ser entregue em março de 2016. Os nomes em negrito foram os anunciados em relação aos meses de […]

Por Dirceu Alves Jr. - Atualizado em 26 fev 2017, 13h51 - Publicado em 15 dez 2015, 17h32
"O Camareiro": Tarcísio Meira e Kiko Mascarenhas no drama em cartaz no teatro Porto Seguro

Tarcísio Meira e Kiko Mascarenhas: “O Camareiro” concorre em seis categorias (Foto: Gal Oppido)

Foram divulgados nesta terça (15) os finalistas referentes ao segundo semestre da 28ª edição do Prêmio Shell de São Paulo. “O Camareiro” é o campeão de indicações, concorrendo em seis categorias. 

O troféu mais cobiçado do teatro paulistano vai ser entregue em março de 2016. Os nomes em negrito foram os anunciados em relação aos meses de agosto a dezembro e completam a lista do primeiro semestre.

+ Melhor autor:

José Eduardo Vendramini (“Cartas Libanesas”)

Oswaldo Mendes (“Insubmissas”)

Vinicius Calderoni (“Ãrrã”)

Silvia Gomez (“Mantenha Fora do Alcance do Bebê”)

+ Leia entrevista com Oswaldo Mendes.

+ Melhor direção:

Rafael Gomes (“Um Bonde Chamado Desejo”)

Zé Henrique de Paula (“Urinal, o Musical”)

Gabriel Villela (“A Tempestade”)

Ulysses Cruz (“O Camareiro”)

+ Leia entrevista com Rafael Gomes. 

+ Melhor ator:

Daniel Alvim (“Dias de Vinho e Rosas”)

Daniel Costa (“Urinal, o Musical”)

Tarcísio Meira (“O Camareiro”)

Helio Cicero (“A Tempestade”)

+ Kiko Mascarenhas fala sobre Tarcísio Meira e “O Camareiro”.

+ Melhor atriz:

Clarice Nikier (“A Lista”)

Maria Luisa Mendonça (“Um Bonde Chamado Desejo”)

Christiane Torloni (“Master Class”)

Taís Araújo ( “O Topo da Montanha”)

Christiane Torloni: concorrente ao troféu de melhor atriz

Christiane Torloni em “Master Class”: concorrente ao troféu de melhor atriz (Foto: Divulgação)

Continua após a publicidade

Melhor cenário:

André Cortez (“Um Bonde Chamado Desejo”)

Attilio Baschera e Gregorio Kramer (“Vanya e Sonia e Masha e Spike”)

André Cortez (“O Camareiro”)

Renato Theobaldo (“Master Class”)

Melhor figurino:

Zé Henrique de Paula (“Urinal, o Musical”)

Fause Haten (“Um Bonde Chamado Desejo”)

Beth Filipecki e Renaldo Machado (“O Camareiro”)

Gabriel Villela e José Rosa (“A Tempestade”)

Melhor iluminação:

Aline Santini (“Ludwig e suas Irmãs”)

Caetano Vilela (“Dias de Vinho e Rosas”)

Domingos Quintiliano (“O Camareiro”)

Wagner Pinto (“A Máquina Tchekhov”)

Melhor música:

Daniel Maia (“1 Gaivota – É Impossível Viver sem Teatro”)

Egberto Gismonti (“Dias de Vinho e Rosas”)

Babaya e Marco França (“A Tempestade”)

Rafael Langoni Smith (“O Camareiro”)

+ Inovação:

Oficina Cultural Oswald de Andrade: pela ampliação e renovação no acolhimento de projetos de artes cênicas, com a plena ocupação de seu espaço por grupos e companhias de teatro, com uma ousada agenda cultural que potencializa a revitalização do bairro do Bom Retiro

Pequeno Teatro de Torneado: pelo processo de integração, orientação e experimentação na formação de jovens na linguagem teatral através do exercício crítico de cidadania, com o deslocamento e compartilhamento dos resultados de trabalho do coletivo em diferentes espaços de São Paulo

Exposição “Máquina Tadeusz Kantor – teatro + happenings + performances + pinturas + outros modelos de produção” pela abrangência da linguagem artística, proporcionando conhecer o universo Tadeusz Kantor e o diálogo entre culturas.

Núcleo de Dramaturgia SESI – British Council pelo estímulo e formação de novos dramaturgos, favorecendo o intercâmbio de processos criativos na escrita teatral.

Quer saber mais sobre teatro? Clique aqui.

Continua após a publicidade
Publicidade