Dirceu Alves Jr.

Na Plateia

Tudo sobre teatro

“Odisseia”, da Cia. Hiato, é uma viagem turbulenta

O diretor Leonardo Moreira e o elenco fizeram ousada adaptação da obra de Homero que não mascara irregularidades e excessos

Odisseia, da Cia. Hiato, é uma experiência de quase cinco horas. O público pode beber cachaça, tomar sopa, dançar e até receber massagem para enfrentar a viagem proposta pelo diretor Leonardo Moreira e pelo elenco em uma adaptação da obra de Homero.

Nela, Odisseu, também chamado de Ulisses, passa uma década na Guerra de Troia e leva outros dez anos para reencontrar a família em casa. Apoiada nesse gancho, a montagem toma forma em uma costura característica do grupo, a dramatização de vivências pessoais em uma linha tênue entre ficção e realidade.

+ “Pousada Refúgio”: incômodo emergente.

Quem abre a cena é Aura Cunha, produtora da Hiato, cuja emotividade contagia ao lembrar-se do pai, que a deixou quando pequena por razões nebulosas. Na sequência, a atriz Fernanda Stefanski brilha no mesmo caminho sentimental ao falar da incapacidade de autoaceitação do seu pai, enquanto Luciana Paes, intérprete sempre tão vigorosa, derrapa em uma interação típica das comédias femininas digestivas ao evocar Calipso.

+ Vênus Ex Libris: sexo e poder.

Maria Amélia Farah instiga a plateia na remissão sensual à feiticeira Circe, e Paula Picarelli injeta fôlego na cena construída em torno da deusa Atena e da propagação do ódio. O debate segue contemporâneo na entrada de Aline Filócomo, que interpreta Penélope em seu desenho de revolta feminista diante do retorno do marido ao lar.

+ “Quero Morrer com Meu Próprio Veneno”: Ofélia toma as rédeas da vida 

Cabe ao ator Thiago Amaral, quase discreto até então, a difícil tarefa de fechar a encenação e cravá-la na memória do público, talvez cansado pela longa duração. O artista, bravo, comanda um emotivo final, capaz de chamar atenção pela força épica e também mascarar irregularidades e excessos do trabalho (270min, com dois intervalos). Estreou em 9/6/2018. 18 anos.

+ Sesc Avenida Paulista. Avenida Paulista, 119. Quinta a sábado, 19h; domingo, 17h. R$ 30,00. Até 8 de julho.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s