Clique e assine com até 89% de desconto
Na Plateia Tudo sobre teatro

O reencontro de Ney Latorraca e Gerald Thomas em “Entredentes”, que estreia em abril no Teatro Anchieta

Na reta final de O Mistério de Irma Vap, lá por 1993, Dona Nena falou para seu filho, o ator Ney Latorraca: “por você não trabalha com o homem da fumaça?”. O tipo em questão era o encenador mais badalado do momento, Gerald Thomas, que vinha de parcerias bem-sucedidas com Tônia Carrero, Sergio Britto, Fernanda […]

Por Dirceu Alves Jr. Atualizado em 26 fev 2017, 22h30 - Publicado em 17 mar 2014, 13h47
Entredentes: Edi Botelho, Gerald Thomas e Ney Latorraca no Teatro Anchieta (Foto: Bob Sousa)

“Entredentes”: Maria de Lima, Edi Botelho, Gerald Thomas e Ney Latorraca (Foto: Bob Sousa)

Na reta final de O Mistério de Irma Vap, lá por 1993, Dona Nena falou para seu filho, o ator Ney Latorraca: “por você não trabalha com o homem da fumaça?”. O tipo em questão era o encenador mais badalado do momento, Gerald Thomas, que vinha de parcerias bem-sucedidas com Tônia Carrero, Sergio Britto, Fernanda Montenegro e até Gal Costa. Dona Nena morreu no início de 1994 e não viu Don Juan, que estreou no Tuca no ano seguinte. Ao lado de Ney estavam Fernanda Torres, Vera Zimmermann, Luiz Damasceno e outros.

Quase duas décadas depois, a intrépida dupla Ney Latorraca e Gerald Thomas se reencontra em Entredentes, que entra em cartaz no dia 10 de abril no Teatro Anchieta – Sesc Consolação. “Um islâmico radical e um judeu ortodoxo se encontram no Muro das Lamentações, em Jerusalém. E aí começa tudo!”, resume Thomas. Latorrada interpreta um médium, tendo ao seu lado os atores Edi Botelho e Maria de Lima. O texto de Thomas ainda abre espaço para notícias quentes do noticiário mundial na fala dos personagens, batizados não por acaso de Ney, Didi e Maria. A temporada será sextas e sábados, às 21h, e domingos, às 18h, até 10 de maio, com ingressos a R$ 35,00.

Quer saber mais sobre teatro? Clique aqui.

Continua após a publicidade
Publicidade